Tamanho do texto

Testes de desempenho mostram como a atualização do iOS impacta o desempenho dos iPhones mais antigos ainda suportados pela Apple

Olhar Digital

iPhone 6 arrow-options
André Cardozo/iG
O iPhone 6s é uma das versões mais antigas dentre as que suportam o iOS 13.


Todo ano, a Apple anuncia uma nova versão do iOS ; e todo ano, usuários dos iPhones mais antigos que receberão a atualização se preocupam com a mesma coisa: “será que isso vai fazer meu celular ficar lento?”. É uma preocupação válida, especialmente com a Apple, que costuma atualizar seus aparelhos por vários anos após o lançamento, criando uma situação em que o dispositivo mais antigo não tenha capacidade técnica de hardware para sustentar o novo software .

O site Ars Technica realizou um experimento para observar como os dois aparelhos mais antigos na lista dos suportados pelo iOS 13 se saem com a nova versão do sistema operacional. Para isso, foram testados o iPhone 6s e o iPhone SE , ambos lançados com o processador A9; o primeiro, no final de 2015, e o segundo no início de 2016.

Leia também: iOS 13.1 chega antes: atualização foi adiantada em seis dias pela Apple

Para isso, ambos os aparelhos passaram pelas mesmas etapas. Os dispositivos foram experimentados após uma instalação “do zero” do iOS 12.4.1 e do iOS 13 e conectados a uma conta no iCloud . Depois, eles foram deixados “descansando” por algum tempo, para garantir que nenhum processo oculto em segundo plano, como indexação de arquivos, afetasse o desempenho.

Após isso, foi comparado o tempo de abertura de vários aplicativos nativos do sistema nos aparelhos enquanto rodavam as duas versões do iOS. Confira abaixo os resultados:

iPhone 6s

Aplicativo

iOS 12.4.1

iOS 13.0

Diferença de tempo (%)

Safari

0,69 segundos

0,95 segundos

+37,7%

Câmera

1,09 segundos

1,15 segundos

+5,5%

Ajustes

0,60 segundos

0,61 segundos

+1,6%

Mail

0,75 segundos

0,77 segundos

+2,7%

Mensagens

0,62 segundos

0,67 segundos

+8,06%

Calendário

0,50 segundos

0,59 segundos

+18,0%

Mapas

1,29 segundos

1,53 segundos

+18,6%

Notas

0,86 segundos

0,80 segundos

-7,0%

TV

1,84 segundos

2,88 segundos

+56,5%

Inicialização

13,10 segundos

12,98 segundos

-0,9%


iPhone SE

Aplicativo

iOS 12.4.1

iOS 13.0

Diferença de tempo (%)

Safari

0,67 segundos

0,83 segundos

+23,9%

Câmera

1,18 segundos

1,02 segundos

-13,6%

Ajustes

0,61 segundos

0,65 segundos

+6,6%

Mail

0,70 segundos

0,93 segundos

+32,9%

Mensagens

0,60 segundos

0,68 segundos

+13,3%

Calendário

0,56 segundos

0,64 segundos

+14,3%

Mapas

1,35 segundos

1,38 segundos

+2,2%

Notas

0,92 segundos

0,79 segundos

-14,1%

TV

1,96 segundos

2,58 segundos

+31,6%

Inicialização

14,01 segundos

12,87 segundos

-8,1%

Como é possível ver, houve uma piora de desempenho na maior parte dos critérios analisados, chegando a um aumento de 37,7% no tempo necessário para abrir o Safari ou 56% para abrir o aplicativo de TV. No entanto, ainda que o aumento relativo seja grande, os valores absolutos ainda não chegam a níveis grosseiros, como 1 segundo a mais para abrir um aplicativo. Como coloca a publicação, a diferença não chega a ser notável se você não está com um cronômetro em mãos.

Leia também: Sem dinheiro para o iPhone 11? Apple faz queima de estoque de modelos antigos

Além disso, boa parte dos aplicativos viram uma mudança apenas marginal no tempo de abertura e alguns dos critérios viram uma redução no tempo necessário para a conclusão de uma tarefa. O exemplo mais interessante é o tempo de inicialização, que foi reduzido tanto no 6S quanto no SE.

Assim, a tendência é que, do ponto de vista de desempenho, você não sinta um impacto negativo grande ao atualizar seu iPhone antigo para o novo iOS