Tamanho do texto

Criminosos conseguem clonar o WhatsApp das vítimas sem qualquer tipo de vírus, usando apenas a confiança das pessoas

Olhar Digital

whatsapp arrow-options
shutterstock
Criminosos clonam contas do WhatsApp


Um novo golpe envolvendo o WhatsApp vem ganhando força no Brasil. A armação funciona da seguinte forma: os criminosos usam os dados presentes em anúncios online para clonar o WhatsApp de usuários, e tentar pedir dinheiro para familiares e amigos da vítima.

O golpe começa em plataformas como o OLX e o Mercado Livre , que costumam pedir um número de telefone para os interessados em anunciar determinado produto no site. Os criminosos pegam o número de telefone e mandam mensagens à vítima, dizendo que é necessário enviar um código de confirmação que chegará via SMS para terminar o cadastro.

Leia também: Conheça 6 golpes que podem te fazer perder dinheiro e saiba como evitá-los

A questão é que esse código é, na verdade, o autenticador de duas etapas do WhatsApp da vítima, a última peça necessária para o golpista clonar a conta. Assim que a clonagem acontece, a vítima perde acesso ao aplicativo , que passa a ser controlado pelo criminoso, que entra em contato com amigos e familiares da vítima para pedir dinheiro.

Como o processo acontece de forma muito rápida, usuários desatentos acabam acreditando na história.

Leia também: Mantenha o celular seguro! Aprenda como se proteger de golpes no WhatsApp

Mais de 300 pessoas já sofreram com esse tipo de tentativa de invasão de conta por criminosos, que deixam de lado o vírus e apostam na confiança que a vítima tem nas plataformas de anúncio e venda online.

Para se proteger do golpe é necessário ter a verificação em duas etapas do WhatsApp ativada  (Configurações/Ajustes > Conta > Confirmação em duas etapas) e ficar atento ao receber e-mails de serviços que deixam dados de contato expostos publicamente.