Tamanho do texto

Durante apresentação secreta, a Apple afirmou que, em dez anos, os celulares não serão mais essenciais para os usuários, e que os óculos de realidade aumentada devem ganhar espaço e popularidade

Olhar Digital

óculos de realidade aumentada arrow-options
Unsplash
Óculos de realidade aumentada substituirão os celulares, segundo Apple


Em um futuro não muito distante, existe uma chance real de você achar seu iPhone uma peça desnecessária. É nisso que a Apple acredita, de acordo com uma apresentação secreta que vazou recentemente. A apresentação discutiu o cronograma de lançamento da tecnologia de realidade aumentada (RA) da empresa.

De acordo com os vazamentos, a Apple planeja lançar seu primeiro fone de RA em 2022, seguido por uma versão mais bonita no ano seguinte. Em cerca de uma década, a empresa afirmou que os óculos de realidade aumentada vão substituir os smartphones como aparelho essencial para os usuários.

Leia também: Amazon lança óculos inteligentes com Alexa integrada; confira as funcionalidades

A realidade aumentada é a tecnologia na qual os elementos virtuais são sobrepostos ao mundo real para dar informações contextualizadas. Essas informações vão desde mostrar direção certa, até exibir anúncios.

O CEO da Apple, Tim Cook, deixou claro que a empresa acredita que a realidade aumentada é fundamental para o futuro. A empresa já adicionou recursos de RA em seus iPhones , como o aplicativo que mede altura ou comprimento de objetos por meio da câmera.

Há rumores de que a Apple trabalha há anos em seus óculos de realidade aumentada . No início de 2019, houve relatos de que a empresa planeja lançá-lo já no próximo ano. A ideia é que os usuários recebam informações úteis, alertas de mensagem de texto, telefonemas e até videoconferência.

Leia também: Apple, Xiaomi e Huawei: veja quem ganha na disputa de câmeras

Esta é a primeira vez que algo concreto vaza da sede secreta da Apple sobre os planos da empresa para realidade aumentada. A vida além dos iPhones pode ser crítica para a companhia, que viu a receita de seu celular cair nos últimos meses.

A solução encontrada foi investir em alternativas, principalmente no setor de serviços. Apple Music, Apple TV+ e outros são os exemplos. Esse novo vazamento mostra que a Apple está de olho no futuro de seus hardwares , se enraizando na RA.

Porém, o maior desafio da empresa vai ser convencer seus usuários a andar com os óculos . Nem todos gostam de acessórios. Apesar disso, a companhia conseguiu emplacar seus famosos Apple Watchs .