Olhar Digital

segurança FBI hackers arrow-options
Unsplash/Markus Spiske
Veja as dicas de segurança do FBI


O escritório de campo do FBI em Portland, Oregon, publicou na terça-feira (3) em seu site uma série de dicas sobre como proteger as informações pessoais contidas em aparelhos inteligentes . Hackers têm dedicado seus esforços à Internet das Coisas e, por isso, as orientações abaixo podem ser valiosas para aqueles que desejam manter seus dados seguros.

Leia também: Conheça 6 golpes que podem te fazer perder dinheiro e saiba como evitá-los

  1. Altere a senha padrão - Uma dica simples em uma configuração de dispositivo. Caso você tenha problemas neste primeiro passo, contate o fabricante do aparelho. Em um possível cenário no qual o fabricante não resolve seu problema, considere trocar de produto - é melhor que ficar exposto.
  2. Verifique se a senha é longa e exclusiva o suficiente - Após alterar a senha original do aparelho, garanta que a nova seja "forte" o suficiente para não correr o risco de facilitar o acesso aos invasores. 
  3. Verifique os aplicativos conectados - Muitos dispositivos são conectados a aplicativos em seu smartphone, que podem estar em execução em segundo plano e concedendo permissões por padrões que você nem sabe que existem. Para isso, saiba quais informações pessoais esses apps coletam e proíba o uso de dados que não fazem sentido para o funcionamento do dispositivo.
  4. Proteja sua rede - É provável que sua geladeira inteligente e seu laptop não estejam conectados na mesma rede. Recomenda-se alocar informações confidenciais em um sistema principal, diferente dos outros aparelhos de IoT. 
  5. Verifique as atualizações - Confira se todos os seus dispositivos são atualizados regularmente. Caso hajam atualizações disponíveis para software, hardware e sistemas operacionais, ative-as. 

    Veja Também

      Mostrar mais