Olhar Digital

Xiaomi arrow-options
Reprodução
Xiaomi promete comparecer ao MWC


O Mobile World Congress 2020 vai acontecer entre os dias 24 e 27 de fevereiro, em Barcelona. Nos últimos dias, uma série de empresas anunciaram a desistência do evento por conta da epidemia de coronavírus . Porém, a Xiaomi reafirmou que vai participar do MWC e divulgou algumas diretrizes de segurança.

A empresa chinesa vai levar algumas pessoas do país asiático e, por conta disso, vai tomar medidas para garantir que nenhum infectado realize a viagem, para preservar a segurança dos fãs, mídia, parceiros e todos em Barcelona . Em um comunicado à imprensa, a gigante da tecnologia disse que certas medidas básicas vão ser tomadas:

Leia também: MWC vazia? Samsung pode não ir à feira por temor ao coronavírus

  • Garantir que todos os funcionários que cheguem da China não apresentem sintomas e estejam fora do país por pelo menos 14 dias antes da chegada a Barcelona para o evento de lançamento e o MWC ;
  • Garantir que todos os executivos sênior da empresa programados para participar de qualquer tipo de atividades e reuniões estejam fora da China por pelo menos 14 dias corridos antes do evento;
  • Seguir as orientações da GSMA e garantir que o estande de exibição e todos os produtos exibidos sejam desinfetados com frequência;
  • Garantir que todos os funcionários com apresentação de estande sejam dos escritórios europeus da Xiaomi . Garantir também que não apresentem sintomas por 14 dias antes de oferecer suporte no estande da MWC .

    Veja Também

      Mostrar mais