Olhar Digital

celulares arrow-options
Unsplash/Gilles Lambert
Celulares serão monitorados pelas prefeituras das capitais


O prefeito de Recife (PE), Geraldo Julio, anunciou nesta terça-feira (24) que o poder público vai monitorar a localização de celulares na cidade . O objetivo consiste em obter dados de deslocamento dos habitantes para coordenar medidas de apoio ao isolamento social em meio à pandemia do novo coronavírus . O projeto é desenvolvido por meio de uma parceria com empresa de inteligência em localização In Loco .

De acordo com Geraldo Júlio, foi criado um índice de isolamento que determina uma estimativa de cidadãos reclusos em suas casas. Essa informação servirá como subsídio para a prefeitura determinar outras ações nos bairros .

Leia também: Com isolamento, happn aumenta raio para encontrar crush de 250 metros para 90 km

"Com o Índice de Isolamento, vamos poder direcionar esses carros [de som] para os bairros que estão cumprindo menos as medidas. Também podemos enviar notificações, em algum aplicativo que o usuário tenha instalado no celular ", disse o prefeito, em coletiva de imprensa.

O líder do executivo municipal ressalta que os dados das pessoas estão seguros e que a medida se trata de uma "ação direcionada ao coletivo, nada individual".

Leia também: Inteligência artificial e segurança: entenda porque dados devem ser protegidos

Respaldo

A iniciativa do governo recifense encontra respaldo em uma decisão recente da Prefeitura do Rio de Janeiro . Na segunda-feira (23), a administração carioca anunciou parceria com a operadora TIM para desenvolver mapas de calor a partir de dados de localização de celulares, a fim de identificar aglomerações e avaliar se os cidadãos estão adotando as medidas cautelares contra a epidemia.

No exterior, o Reino Unido j á emprega a analise de dados de localização de smartphones para ver se as pessoas estão seguindo as diretrizes de distanciamento social. Em Israel , não só monitora os usuários como envia alertas personalizados com recomendação de isolamento.

    Veja Também

      Mostrar mais