Olhar Digital

Facebook
Divulgação
Facebook exclui eventos que quebram o isolamento


O Facebook decidiu não se omitir sobre a questão de planejamento de protestos pela plataforma que convoquem usuários a desrespeitar orientações de quarentena e isolamento durante a crise da Covid-19. Nos Estados Unidos, a empresa excluiu preventivamente três eventos do tipo nos estados da Califórnia, Nova Jérsei e Nebraska.

A empresa não está agindo por conta própria, no entanto. A remoção dos eventos veio após uma solicitação dos governos locais, que temiam que as manifestações colocassem mais pessoas em risco de contágio, o que atrasaria os esforços de contenção do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Leia também: Facebook passa a rastrear Covid-19 no mundo todo; entenda

Em comunicado sobre o assunto, o Facebook afirma que não excluirá esses eventos se não houver um pedido governamental.

“A menos que um governo proíba o evento durante esta época, nós permitimos que ele seja organizado no Facebook. Pela mesma razão, eventos que desafiam orientações governamentais sobre o distanciamento social não são permitidos no Facebook”, disse a companhia ao site Politico .

Além da ocasional exclusão de eventos ligados a manifestações contra quarentena, o Facebook também tem destacado avisos sobre a Covid-19 no topo da interface do aplicativo, que servem para desencorajar o público a sair de casa para marcar presença a shows, festas e outros acontecimentos.

    Leia tudo sobre: FAcebook

    Veja Também

      Mostrar mais