Olhar Digital

Nintendo Switch
shutterstock
Nintendo Switch chegará oficialmente ao Brasil

O Nintendo Switch acaba de receber uma data de lançamento oficial para o mercado brasileiro . Segundo a empresa, o console chega ao país em 18 de setembro. Além disso, foi revelado que o preço sugerido para o videogame é de R$ 2.999.

O console será vendido em duas variantes, que se diferenciam pela cor dos controles, chamados de Joy-Con. A primeira versão possui coloração cinza, enquanto a segunda – e mais chamativa – possui as cores azul e vermelho neon. Ambas já foram lançadas em outros mercados.

O aparelho que desembarca no Brasil é a versão mais recente do console , que foi revisada pela Nintendo e, com isso, teve sua autonomia de bateria melhorada. O Switch  estará disponível em lojas físicas (Lojas Americanas e Magazine Luiza) e virtuais (Americanas.com.br, Magazineluiza.com.br e Submarino.com.br).

Além do console, a empresa planeja lançar oficialmente alguns assessórios para o videogame . O Controle Pro é um deles. O periférico deve chegar com preço sugerido de R$ 469. Os consumidores também poderão adquirir pares de Joy-Con avulsos. Haverá possibilidade de comprá-los nas cores verde e rosa neon, azul e vermelho neon. Nos dois casos, o preço será de R$ 499 pelo par.

A embalagem do produto possui todos os itens originais que são enviados com o videogame em outros mercados. Há um suporte para os controles, duas alças de segurança para joysticks, base para projetar a imagem na TV, cabo HDMI, adaptador de energia com padrão brasileiro e um manual rápido com idioma localizado.

A Nintendo  também planeja trazer ao país o Switch Lite , versão totalmente portátil do dispositivo. Isso deve ocorrer em 2021. No entanto, ainda não há uma data exata.

Apesar do lançamento do console oficialmente por aqui, a empresa não tem previsão para vender jogos físicos no Brasil. Além disso, em entrevista ao Estadão, Bill van Zyll, diretor da Nintendo na América Latina, disse não há previsão para que os jogos recebam legendas e nem dublagens em português.

Ainda segundo Zyll, com o lançamento, a Nintendo  vai melhorar as condições das assistências técnicas brasileiras. Os consumidores que já possuem o console podem solicitar reparos, mesmo que o dispositivo não tenha sido adquirido aqui. No entanto, será necessário comprovar as condições da compra.

    Veja Também

      Mostrar mais