Olhar Digital

iphone 11 iphone xr
Divulgação/Apple
O iPhone 11 é um dos modelos que ficou mais caro no Brasil

Com o lançamento de um novo dispositivo, é normal que as versões anteriores tenham uma diminuição de preço. No entanto, no caso da Apple , isso pode não ocorrer. Inclusive, o contrário parece ter acontecido.

Após uma atualização feita na versão brasileira da loja online da marca nesta terça-feira (13) –  mesmo dia em que a empresa anunciou para o mundo a linha iPhone 12 -, os aparelhos anteriores da empresa, como o iPhone 11 e o iPhone XR , ficaram mais caros.

Esse movimento pegou muitos usuários de surpresa, já que normalmente os preços tendem a diminuir, mesmo que pouco, assim que um novo modelo é revelado.

Atualmente, o preço reajustado da versão padrão do iPhone 11, com 64 GB, é de R$ 5.699 – antes da atualização, o valor era de R$ 4.999. Os modelos com capacidade maior, de 128 GB e 256 GB, também sofreram com o aumento. Agora eles custam, respectivamente, R$ 6.199 e R$ 7.199 – os valores anteriores eram R$ 5.299 e R$ 5.799.

O iPhone XR é outro modelo que teve alterações no preço oferecido por aqui. Antes das mudanças, as versões de 64 GB e 128 GB custavam R$ 4.299 e R$ 4.599. Com a alteração, o preço subiu para R$ 4.999 e R$ 5.299, respectivamente.

Em outros mercados, com o anúncio dos novos modelos, ambos tiveram seus valores diminuídos em US$ 100 cada. Por aqui, o único produto da empresa que não enfrentou mudanças foi o iPhone SE , vendido pelo mesmo preço de seu lançamento.

Além disso, repetindo o mesmo movimento feito no ano anterior com os aparelhos XS e XS Max, a Apple retirou de sua loja os iPhones 11 Pro e 11 Pro Max.

Apesar de não ter o preço nacional dos novos aparelhos revelados, pode ser que o aumento nos dispositivos já existentes tenha sido ocasionado pela alta do dólar. Por esse motivo, pode ser que a linha dos novos iPhones  seja lançada no Brasil com um preço bastante elevado, talvez o maior praticado pela marca até então.

    Veja Também

      Mostrar mais