Olhar Digital

Youtube anuncia contas supervisionadas
Unsplash
Youtube anuncia contas supervisionadas



O YouTube anunciou nesta quarta-feira (24) novos recursos para as famílias de pré-adolescentes e adolescentes que já cresceram além do conteúdo oferecido no YouTube Kids. Chamado “contas supervisionadas”, ele foi desenvolvido em parceria com famílias e especialistas do mundo todo em áreas relacionadas à segurança das crianças, desenvolvimento infantil e alfabetização digital.

Nas contas supervisionadas, pais poderão escolher entre três configurações de conteúdo:

● Explorar: para crianças que já estão prontas para sair do YouTube Kids e conhecer outros tipos de conteúdo na plataforma. Essa configuração oferece uma variedade maior de vídeos adequados para usuários a partir dos nove anos. Isso inclui vlogs, tutoriais, vídeos de jogos, clipes de músicas, notícias, conteúdo educacional e mais.

● Descobrir vídeos novos: essa configuração inclui conteúdo adequado para usuários a partir dos 13 anos. Com ela, o usuário terá acesso a uma variedade bem maior de vídeos, além de transmissões ao vivo das mesmas categorias da opção “Explorar”.

Você viu?

● Maior parte do YouTube : essa configuração inclui quase todos os vídeos da plataforma, exceto conteúdo com restrição de idade. Além disso, essa opção também inclui assuntos sensíveis adequados apenas para adolescentes mais velhos.

As contas supervisionadas estarão disponíveis em versão beta nos próximos meses, para que as famílias testem e deem feedback.

Segundo o YouTube , “usaremos uma combinação de informações enviadas pelos usuários, aprendizado de máquina e revisão humana para determinar quais vídeos serão incluídos. Sabemos que nossos sistemas cometem erros, mas eles continuarão a evoluir com o tempo”.

Além de escolher as configurações de conteúdo, as famílias também poderão gerenciar os históricos de pesquisa e de exibição nas contas supervisionadas das crianças. A experiência será basicamente igual à do YouTube comum, mas alguns recursos serão desativados para proteger o público mais jovem.

Por exemplo, publicidade e anúncios personalizados não serão exibidos em determinadas categorias. Compras no aplicativo e os recursos de criação e comentários também serão desativados. Também será possível usar outros tipos de controles oferecidos pelo Family Link do Google , incluindo os timers de tela.

O YouTube promete trabalhar com famílias e especialistas no futuro para disponibilizar alguns desses recursos usando uma abordagem controlada pelos pais e adequada à faixa etária.

“Sabemos que desenvolver essa experiência supervisionada será uma longa jornada. Em longo prazo, esperamos que isso forneça um ambiente mais seguro para que as crianças mais velhas possam explorar os próprios interesses, aprender novas habilidades e se conectar com comunidades que gostam das mesmas coisas que elas. Tudo isso enquanto as famílias recebem novas formas de incentivar a experiência on-line das crianças”, diz o YouTube.

As contas supervisionadas não substituem o YouTube Kids , que continua sendo recomendado para que crianças mais novas assistam de forma independente e com uma visualização mais restrita. O serviço está disponível em mais de 80 países, e tem mais de 35 milhões de espectadores toda semana.

“Continuaremos aumentando a disponibilidade do produto, adicionando recursos e oferecendo várias ferramentas novas para as famílias, como a tão aguardada opção de selecionar vídeos e canais da plataforma principal para serem exibidos no YouTube Kids”, afirma o YouTube .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários