Elon Musk
Elon Musk
Elon Musk

Relatos do novo livro "Power Play: Tesla, Elon Musk, and the Bet of the Century" (em tradução livre Power Play: Tesla, Elon Musk e a aposta do século) sobre a vida de Musk, indicam que o bilionário certa vez teria exigido o cargo de CEO da Apple , atualmente ocupado por Tim Cook, em troca da venda da Tesla para a empresa de Cupertino.

Segundo o livro, escrito pelo repórter do The Wall Street Journal, Tim Higgins, fontes internas da Tesla contaram sobre um telefonema ocorrido em 2016, em que Musk e Cook teriam discutido a possibilidade de fechar o negócio. Cook pensou que a aquisição seria nos moldes da compra da empresa de fones de ouvido Beats, em que a Maçã manteve os fundadores originais Dr. Dre e Jimmy Iovine no comando.

Contudo, segundo as fontes do repórter, a conversa “azedou” de vez quando Musk teria dito a Cook que o negócio só funcionaria se ele pudesse assumir o cargo de CEO da Apple. Na narrativa do livro, Cook teria respondido à exigência com um palavrão e desligou a ligação.

Você viu?

Segundo o Futurism , Musk desmentiu a história. Também há a possibilidade de ambas as partes tentarem minimizar o fato, já que a demanda inusitada do executivo, se de fato tiver ocorrido, não foi nada profissional.

Questionado, Musk disse em seu perfil no Twitter que nada disso aconteceu: "Cook e eu nunca nos falamos ou escrevemos um para o outro. Chegou um ponto em que pedi para me encontrar com Cook para falar sobre a compra da Tesla pela Apple". O executivo finaliza o tuíte afirmando que não foi feita nenhuma proposta extra além da aquisição da montadora de carros elétricos.

Para saber mais detalhes sobre a polêmica trajetória de Elon Musk, será necessário aguardar mais alguns dias até o lançamento do livro em inglês, previsto para a próxima terça-feira (10).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários