Tamanho do texto

Reação a comentários é compartilhada da mesma forma que nas publicações; mudança permite aos usuários reagir a quase tudo no Facebook e Messenger

Levou pouco mais de um ano para o Facebook liberar a utilização de reações dentro de comentários em publicações. A atualização permite que cada usuário da rede social vá além da tradicional curtida. Assim como nas publicações, será possível usar sentimentos como "Amei", "Haha", "Uau", "Triste" e "Grr". Com a mudança, a plataforma passa a exibir os ícones das três reações mais utilizadas, além do número de usuários que compartilharam seu sentimento sobre o texto.

Leia também: Facebook irá contratar 3 mil funcionários para remover conteúdos violentos

O processo para reagir a um comentário no Facebook é idêntico ao que precisa ser feito para reagir a uma publicação. No desktop ou em notebooks, basta passar o mouse sobre sobre o botão "Curtir" e escolher uma das opções, que deverão ser exibidas caso a atualização estiver disponível para você. Em dispositivos móveis, toque e segure sobre o botão "Curtir" para, em seguida, escolher uma das reações que aparecerão na tela.

Com atualização, usuários do Facebook poderão visualizar quais as reações mais comuns para cada comentários
Reprodução
Com atualização, usuários do Facebook poderão visualizar quais as reações mais comuns para cada comentários

Leia também: Facebook altera exibição de artigos relacionados para evitar notícias falsas

O site "The Next Web" lembra que com a novidade, os usuários da rede social podem reagir a praticamente tudo. Há pouco mais de um mês, o Messenger recebeu as cinco reações para serem utilizadas dentro de conversas com amigos. Além disso, o aplicativo de mensagens dá aos usuários a opção de curtir ou descurtir as informações que receberem. Ao apresentar os novos recursos, a rede social afirmou que os dois ícones representam, na verdade, "sim" e "não".

Reações populares

Apresentadas em fevereiro de 2016, as reações parecem ter sido aprovadas pelos brasileiros. Um levantamento divulgado em fevereiro pela rede social afirma que o Brasil ficou em 10ª lugar em um ranking dos países que mais utilizam o recurso. A pesquisa considera o número de reações por usuário a cada países (e não o número absoluto), fazendo com que países com mais usuários, como Estados Unidos e Brasil, fiquem abaixo de países como México, Chile e Suriname.

Leia também: Facebook alcança cinco milhões de anunciantes e cria plataforma com dicas

Segundo o Facebook, durante 2016, os usuários reagiram a mais de 300 bilhões de publicações. A reação "Amei" foi a mais utilizada e esteve presente em mais da metada das ocasiões. O dia em que está opção foi mais utilizada foi o Natal. A rede social também usou algumas datas comemorativas para apresentar ícones de reações temporários. No Dia das Bruxas, por exemplo, os ícones convencionais deram lugar a uma bruxa, um fantasma, um Frankenstein e uma abóbora.

    Leia tudo sobre: Facebook Aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.