Tamanho do texto

Desenvolvedor criou fase de clássico da Nintendo usando o HoloLens, óculos de realidade aumentada da Microsoft; jogo não será lançado oficialmente

Brasil Econômico

Você provavelmente se divertiu muito com jogos da franquia Super Mario Bros, certo? Mas, com certeza, ainda não experimentou ser o personagem principal do game. Esta foi a proposta do programador Abhisek Singh, que desenvolveu uma versão não-oficial do jogo para o HoloLens , dispositivo de realidade aumentada da Microsoft, após a empresa liberar o aparelho para a realização de testes de profissionais da área.

Leia também: Harry Potter completa 20 anos e Facebook cria animação especial para fãs

Em entrevista ao site "CNET", Singh disse que a ideia de criar uma versão de Super Mario Bros  para realidade aumentada surgiu quando ele estava aprendendo a programar para o dispositivo da Microsoft. A partir daí, o programador criou uma fase do game para ser jogada em uma pista do Central Park, em Nova Iorque, e publicou o resultado na internet. Logo na descrição, o desenvolvedor adianta: "Este vídeo foi gravado inteiramente com o HoloLens sem nenhuma pós-produção".

Versão de Super Mario Bros em realidade aumentada não pode ser lançada no mercado por conta dos direitos da Nintendo
Reprodução
Versão de Super Mario Bros em realidade aumentada não pode ser lançada no mercado por conta dos direitos da Nintendo

Leia também: Como aumentar o sinal Wi-Fi e melhorar a internet na sua televisão?

Em uma semana, o vídeo com o Singh testando a fase do jogo com uma fantasia de Mario ultrapassou a marca de 600 mil visualizações. O game conta com os principais elementos presentes nas versões convencionais do jogo, como cogumelos, canos e tijolos com que o personagem precisa interagir.

Para desenvolver seu projeto, Singh utilizou o Unity 3D, um software de desenvolvimento de games. "Também tive que modelar todos os elementos do jogo e repensar a experiência de uma perspectiva de um mundo real", explica. O programador afirma que a parte mais difícil do projeto foi adaptar o jogo a uma área ao ar livre, já que o dispositivo da Microsoft não foi exatamente criado para jogos com uma atividade física tão grande.

Leia também: Conheça três recursos que vão facilitar o uso do YouTube no smartphone

Por conta dos direitos autorais pertencentes à Nintendo, o jogo não pode ser lançado para mais usuários. No entanto, durante a entrevista, o programador afirmou que está analisando uma forma de compartilhar o código do jogo com outros programadores. Confira abaixo o vídeo da fase de Super Mario Bros em realidade aumentada criado por Singh: 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.