Tamanho do texto

Aplicativo também liberou novas ferramentas para os administradores dos supergrupos, como a possibilidade de banir membros de forma temporária

O Telegram apresentou uma atualização para os usuários participarem de grupos com ainda mais gente. A partir de agora, o aplicativo de mensagens suporta até 10 mil membros – o tamanho de uma pequena cidade – em cada grupo. O WhatsApp, por exemplo, suporta grupos com até 256 pessoas. A possibilidade está disponível para quem contam com a versão 4.1 do app, que também liberou uma forma mais simples para usuários e administradores destes supergrupos encontrarem um participante específico.

Leia também: Saiba como encontrar internet Wi-Fi com a ajuda do aplicativo do Facebook

Os administradores dos supergrupos do Telegram também podem aproveitar novas ferramentas disponibilizadas pelo aplicativo para gerenciar conversas com muitas pessoas. Entre as novidades, está o recurso que permite incluir administradores com privilégios específicos, como adicionar novos usuários, gerenciar as mensagens, bloquear membros, editar dados sobre o grupo ou até mesmo adicionar novos administradores.

Administradores dos supergrupos no Telegram podem visualizar as ações tomadas nas últimas 48 horas
Shutterstock
Administradores dos supergrupos no Telegram podem visualizar as ações tomadas nas últimas 48 horas

Leia também: Novo golpe circulando no WhatsApp oferece falsa vaga de emprego no Carrefour

Outro destaque da atualização é a opção de banir membros do grupo de forma temporária. Assim, os administradores que não desejam excluir definitivamente alguém que esteja causando problemas no grupo pode restringir seus direitos na conversa por um tempo. É possível colocar usuários desagradáveis no modo leitura ou impedi-los de enviar adesivos ou mídias pelo tempo que desejar.

Para organizar as ações tomadas por quem gerencia os supergrupos, o aplicativo adicionou a função "Recent Actions" na página de administradores. O recurso também mostra as mensagens excluídas e as versões originais das mensagens editadas. Como uma espécia de arquivo, a seção mantém um registro das ações realizadas no grupo nas últimas 48 horas e pode ser visualizada apenas para os organizadores da conversa.

A versão do mensageiro para dispositivos iOS também traz uma melhoria em casos de compartilhamento. Ao enviar uma mídia para o aplicativo, os usuários podem adicionar comentários adicionais e escolher vários destinatários de uma só vez. No Android , o app se tornou compatível com o Android Pay para pagamentos com bots e conta com uma seleção melhorada de mídias.

Leia também: Nada de spam! Instagram tem regras mais rígidas contra comentários indesejados

Com a atualização, fotos e vídeos ficam agrupadas após o compartilhamento. 
A atualização também traz ferramentas "anti-censura", como a opção de instalar um servidor Proxy para a conversa. "O Telegram acredita na comunicação livre e segura. É nossa responsabilidade oferecer tecnologias para defender o direito dos nossos usuários à privacidade e à liberdade de discurso", disse o aplicativo em post publicado em seu blog.

    Leia tudo sobre: Aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.