Tamanho do texto

Segundo site, não há uma data específica para a plataforma disponibilizar a novidade; decisão segue estratégia aplicada com o recurso no Instagram

Ainda que a sua versão do Stories, o recurso em que vídeos e fotos desaperecem depois de 24 horas, não tenha se tornado tão popular entre os usuários, o Facebook deve liberar em breve a mesma função para páginas e marcas. De acordo com o site "The Next Web", a rede social está trabalhando para expandir a funcionalidade em uma seção específica para Branded Content na área de configurações das páginas.

Leia também: Dispositivo transforma o iPhone em um visor de realidade aumentada

Segundo o site, ainda não há data para o Facebook disponibilizar o recurso, nem muitos detalhes sobre a novidade. O que se sabe é que nem todas as páginas deverão ter acesso à funcionalidade ao mesmo tempo. Lançado em janeiro deste ano, os vídeos temporários para usuários comuns das companhias de Mark Zuckeberg a partir do Snapchat. Meses antes, o Instagram já havia apresentado sua própria versão.

Plano do Facebook segue mudança apresentada há alguns meses pelo Instagram
Reprodução
Plano do Facebook segue mudança apresentada há alguns meses pelo Instagram

Leia também: Seis passos para criar galerias de fotos e vídeos no Instagram

A estratégia de levar as publicações temporárias para páginas e marcas já é algo esperado, assim como ocorreu com o Instagram em janeiro deste ano , após o recurso ser utilizado por 150 milhões de pessoas diariamente. Para o "Next Web", o próximo passo é a empresa descobrir como criar valor para empresas, já que, aparentemente, não há o que comprove sua utilidade de maneira prática.

GIFs para usuários

A decisão foi divulgada dias depois da revelação de que, além dos filtros e efeitos já disponíveis, os usuários de iOS poderiam aproveitar a mesma função para criarem seus próprios GIFs  – as imagens exibidas como animações que duram alguns segundos e são bastante populares na internet. Com a atualização, a funcionalidade pode ser ativada por meio de um botão recentemente incluído no app e exibido no topo da tela.

Leia também: Saiba como identificar se você está pagando um valor justo por sua internet fixa

Quando a novidade for liberada, os usuários poderão salvar o resultado na memória interna. No entanto, de acordo com o site "The Verge", o GIF é armazenado no formato de vídeo, impedindo que o usuário aproveite o resultado em outras redes sociais. Além disso, a câmera do Facebook não oferece uma opção de compartilhamento para outros locais, indicando que a rede social de Mark Zuckerberg quer ser a principal fonte para publicar as imagens animadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.