Tamanho do texto

Google alegou que decisão de remover área de edição do YouTube se deu por já existirem muitos programas, pagos e gratuitos, voltados para este fim

Área de edição de vídeos do YouTube estará indisponível a partir do dia 20 de setembro.
Reprodução
Área de edição de vídeos do YouTube estará indisponível a partir do dia 20 de setembro.

O YouTube oferece uma série de recursos que melhoram a experiência dos usuários e criadores de conteúdo. Uma das vantagens entregues pela plataforma aos youtubers, no entanto, está prestes a ser deixada de lado: o Google confirmou que, em breve, vai tirar do ar as ferramentas de edição de vídeos .

Leia também: YouTube cria nova ferramenta para combater terrorismo na plataforma

A empresa alegou que a decisão de remover a área de edição do YouTube se deu pelo fato de que já existem muitos programas – pagos e gratuitos – voltados para este fim. Segundo o Google, o recurso estará indisponível a partir do dia 20 de setembro.

Segundo as informações divulgadas até agora, algumas ferramentas continuarão disponíveis para os criadores de conteúdo. É o caso do recurso que permite a criação de efeitos simples, como, por exemplo, desfocar uma parte do vídeo. Como apenas algumas funções poderão ser utilizadas, pode ser mais interessante para o youtuber aplicar todas as edições necessárias em outro programa.

Leia também: Netflix tem mais audiência que YouTube, Hulu e Amazon Prime Video juntos

No WhatsApp

Ao mesmo tempo em que tem uma função removida, a plataforma de vídeos do Google não para de receber novidades. Recentemente, o WhatsApp começou a testar a reprodução de conteúdos do YouTube diretamente da tela do chat. 

Este novo recurso estava oculto na versão 2.17.40 do aplicativo de mensagens instantâneas, mas foi descoberto na útlima semana pelo site WABetaInfo. A função possibilita ao usuário assistir aos vídeos que são enviados nas conversas por meio de links sem precisar sair da tela. A função permite que o usuário redimensione uma janela flutuante na qual o vídeo é reproduzido. Isso é feito por meio do movimento de zoom na tela. Se preferir, o usuário também pode abrir o vídeo em uma página separada, o que permite a exibição em tela cheia.

Leia também: YouTube é comparado a site pornográfico após lançar novo recurso

Além disso, a ferramenta permite esconder o modo de visualização de forma momentânea, sem parar o vídeo do YouTube, para facilitar a leitura das mensagens. A reprodução, no entanto, é automaticamente finalizada caso o usuário vá para outra conversa. Por enquanto, o recurso está disponível apenas para iOS , no iPhone 6 ou superiores. 

    Leia tudo sobre: YouTube
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.