Tamanho do texto

Empresa defende algoritmo usado em sua plataforma na nuvem; conhecido como BBR, o protocolo ajuda a organizar o tráfego de dados na internet

Com um avanço da tecnologia em uma velocidade nunca vista, muitos podem pensar que a internet chegou ao seu limite. No entanto, se a velocidade de rede ficar ainda maior, será possível fazer com que tecnologias emergentes avancem, assim como as pesquisas que estão em andamento. Os engenheiros do Google entendem o desejo por uma internet mais veloz e buscam formas de acelerá-la. Para isso, a companhia implementou um novo algoritmo de controle de tráfego.

Leia também: Google Glass: visor é relançado com melhorias e foco no setor corporativo

Conhecido como BBR (Bottleneck Bandwidth and Round-trip), o algoritmo foi padronizado ainda na década de 1980 e consegue detectar quando uma rede está sobrecarregada para assim reduzir a transferência de dados. O conceito do protocolo pode não parecer muito significativo mas, na verdade, tem um papel muito importante na velocidade de internet . O BBR permite que empresas e usuários individuais que usam o Google Cloud Plataform , serviço de armazenamento na nuvem, aproveitem toda a velocidade do servidor em seus sites.

Mudança para protocolo usado pelo Google contribuiria para acabar com inconvenientes típicos de uma conexão lenta
shutterstock
Mudança para protocolo usado pelo Google contribuiria para acabar com inconvenientes típicos de uma conexão lenta

Leia também: Vá além de pesquisar o próprio nome: confira o que o Google sabe sobre você

Mas a empresa pretende fazer com que o algoritmo dê um passo adiante e pensa em torná-lo público para que ele se torne o protocolo padrão para outros servidores. A mudança causaria um efeito cascata, contribuindo para que toda a internet se tornasse ainda mais veloz.

Em busca de mais velocidade

Se o algoritmo usado pelo Google realmente se tornar um padrão para toda a internet, seu impacto será enorme. Isso porque praticamente todas as atividades da vida moderna dependem da transferência de dados de e para a internet. Ainda que a velocidade da internet tenha um pequeno aumento percentual, poderia ajudar poderia fazer mais do que reduzir os menores inconvenientes e aborrecimentos comuns a uma conexão lenta. 

Leia também: Sem Wi-Fi? Confira quatro motivos que podem ter feito sua conexão cair

As formas com que a internet nos impulsiona como uma sociedade são infinitas, passando das comunicações internacionais ao desenvolvimento de software e a inovação tecnológica. Um aumento na velocidade poderia contribuir para este progresso. Na década de 1980, seria difícil imaginar o quão longe a internet nos levaria ou a velocidade com que navegaríamos na web. Com o algoritmo desta época usado pelo Google, podemos estar a caminho de entender o quão longe a internet ainda pode nos levar.

* Com tradução de futurism.com.

    Leia tudo sobre: Inovação
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.