Tamanho do texto

Disponível em algumas cidades dos EUA, serviço utiliza estrutura de pontos de retirada que já existe para clientes retirarem seus pedidos pessoalmente

A Amazon apresentou um novo sistema de entregas para agilizar as entregas de produtos para clientes em algumas cidades dos Estados Unidos. Batizado de Instant Pickup ,  o serviço utilizará uma estrutura de pontos de retirada já existente para permitir que os clientes retirem seus pedidos apenas dois minutos após finalizarem a compra pela internet.

Leia também: Confira como acessar suas mensagens do Google Allo pelo computador

O serviço é voltado exclusivamente para clientes que assinam o Amazon Prime ou o Prime Student e permite a entrega rápida de itens pequenos como alimentos, bebidas, artigos de higiene pessoal e acessórios para smartphones. Após concluir a compra por meio do aplicativo da Amazon, os clientes recebem um código de barras. Com ele, é possível ter acesso ao armário utilizado para guardar seu pedido.

Novo serviço da Amazon permite entregar rapidamente alimentos, bebidas e outros itens de pequeno porte
Shutterstock
Novo serviço da Amazon permite entregar rapidamente alimentos, bebidas e outros itens de pequeno porte

Leia também: Extensão para o Google Chrome converte valores em salários do Neymar

Segundo o "Digital Trends", o sistema está disponível somente para as cidades de Los Angeles, Berkeley, Atlanta, Columbus e College Park. Para disponibilizar as compras de forma rápida aos clientes, o Instant Pickup utiliza o serviço de retirada rápida em armários disponíveis em algumas universidades dos Estados Unidos. Atualmente, os espaços são usados para aqueles que desejam retirar suas encomendas no horário mais conveniente.

De acordo com a Amazon, o serviço deverá ser levado para mais consumidores em breve. Ainda de acordo com o "Digital Trends", ainda que tenha se posicionado no comércio eletrônico, a companhia tem investido em outras áreas do varejo ultimamente. Um exemplo é a aquisição da Whole Foods , rede de supermercados especializada em produtos orgânicos e naturais, por US$ 13,7 bilhões em junho deste ano.

Leia também: Conheça Stamp, o aplicativo para transferir músicas de Spotify, Deezer e YouTube

A Amazon também investe em novas formas de entrega. Ainda em junho, a "CNN" publicou uma reportagem sobre um registro de patente da companhia. A ideia, segundo a rede de notícias é desenvolver uma torre gigante no formato de uma colmeia em alguns pontos dos Estados Unidos. O espaço serviria como uma central em que drones chegariam e sairiam realizar suas entregas em áreas urbanas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.