Tamanho do texto

Menor recurso visual é um dos fatores que garante a execução do aplicativo em dispositivos de pouca memória RAM e com pouca qualidade de conexão

Brasil Econômico

Com o Maps Go, o usuário conta com menos recursos visuais do aplicativo, o que reflete em um menor uso de dados
Reprodução
Com o Maps Go, o usuário conta com menos recursos visuais do aplicativo, o que reflete em um menor uso de dados

Você já teve a experiência de estar em um lugar desconhecido e a internet, ou o próprio smartphone, não ‘dar conta’ de rodar o aplicativo de mapas? Espero que a resposta seja não, porque a sensação não é lá muito agradável. Bom, pensando nessas situações e dispositivos mais simples, que não têm uma boa conexão com a internet, o Google lançou o Google Maps Go, que é uma versão simplificada e, consequentemente mais leve do que a original.

Leia também: CES 2018 contará com projeto de 'Google Maps' para deficientes visuais

A ideia é não comprometer a qualidade de execução do aplicativo nesses dispositivos simples, permitindo que o usuário saiba a sua localização, receba atualizações sobre o tráfego da cidade em tempo real, além das direções e informações sobre transporte público.

Assim como a versão original, a ‘leve’ conta com a definição de um trajeto para que o usuário siga as rotas de carro, a pé ou de transporte público. Desta forma, um Wi-Fi e um 3G pouco precisos são mais do que o suficiente para atender à navegação.

Leia também: Rappi é aplicativo de assistentes pessoais que entregam tudo que você precisar

O que torna a versão “Go” mais leve?

Quem utiliza o Google Maps sabe como o aplicativo é bastante preciso em relação às imagens de satélite. E é justamente nesse ponto que a empresa focou para deixar a mais recente versão leve. Com o Maps Go, o usuário conta com menos recursos visuais da plataforma, o que acaba refletindo em um uso menor da rede de dados ou da capacidade da memória RAM do dispositivo. Em contrapartida, ganha com a qualidade de execução do aplicativo.

Vale destacar que a versão Go não pode ser utilizada para pedir serviços de aplicativos de transporte particular, como Uber e 99 Táxis.  Atualmente o aplicativo está disponível em mais de 70 idiomas e em mais de 200 países e territórios.

Leia também: Amazon desativa YouTube do Fire TV antes do tempo previsto pelo Google

    Leia tudo sobre: aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.