Tamanho do texto

Computador da Apple chama atenção por ter um preço ainda maior do que os já praticados pela empresa; valor da versão completa chega a R$ 98 mil

Segundo a Apple, o iMac Pro faz parte de uma linha de produtos para estação de trabalho de alta qualidade
Divulgação
Segundo a Apple, o iMac Pro faz parte de uma linha de produtos para estação de trabalho de alta qualidade

Todos sabem que os produtos da Apple costumam ser mais caros que os de seus concorrentes. Seja pela qualidade ou pela sensação de ter smartphone ou um computador da empresa, muitos usuários optam por gastar um pouco mais. O iMac Pro, mais novo lançamento da empresa, chama a atenção por ter um preço ainda maior do que os já praticados. Quem quiser comprar o computador precisa investir, no mínimo, R$ 37.999.

Leia também: WhatsApp dá mais tempo para usuários arrependidos apagarem mensagens

De acordo com a Apple, o iMac Pro  faz parte de uma linha de produtos para estação de trabalho de alta qualidade. A versão básica do aparelho conta com tela de retina 5K de 27 polegadas, processadores Xeon de oito núcleos de 3,2 GHz, armazenamento SSD de 1 TB, 32 GB de ECC, um tipo de memória voltada para servidores, e chip gráfico Radeon Pro Vega 56 com 8 GB de memória. O aparelho também tem mouse e um teclado no padrão inglês.

Leia também: Netflix atualiza ferramenta de controle dos pais para dar autonomia em bloqueios

Antes de confirmar a compra, o usuário também pode personalizar o computador da Apple. O processador mais avançado, com 18 núcleos de 2,3 GHz, sai por R$ 16,8 mil extras. A memória de armazenamento pode chegar a 4 TB, com mais R$ 19,6 mil, e a memória ECC pode chegar a 128 GB com R$ 16,8 mil extras. Também é possível optar pelo chip gráfico Radeon Pro Vega 64 com 16 GB de memória. Ele sai por mais R$ 4.200.

Com gráficos de alta qualidade, iMac Pro conta com tela de retina com resulução 5K e 27 polegadas
Divulgação
Com gráficos de alta qualidade, iMac Pro conta com tela de retina com resulução 5K e 27 polegadas

Além disso, a fabricante oferece acessórios como o Magic Trackpad 2, uma mesa touch voltada para quem faz ilustrações. Para comprar o item e o mouse, é preciso desembolsar mais R$ 999. O suporte para o iMac sai por R$ 599 e programas como Final Cut X (R$ 679) e Logic Pro X (R$ 449) também são cobrados separadamente.

Leia também: Aplicativo dá pontos e prêmios a alunos que ficarem sem 'conferir' o celular

Quem escolhe todas as opções extras disponíveis no iMac Pro, pagará R$ 98.125 à vista ou 12 parcelas de pouco mais de R$ 8.177. Vale lembrar que no ano passado, a Apple apresentou o iPhone X e surpreendeu pelo preço alto até mesmo para os padrões dos Estados Unidos. O aparelho foi anunciado por US$ 999 (cerca de R$ 3,1 mil na conversão da época sem impostos).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.