Tamanho do texto

Das vagas anunciadas pela empresa, pelo menos 154 são destinadas a quem tem formação em Engenharia de Software; confira e saiba como concorrer

Brasil Econômico

Esforços da Apple estão voltados à melhoria dos serviços do software, que se mostraram limitados desde 2011
shutterstock
Esforços da Apple estão voltados à melhoria dos serviços do software, que se mostraram limitados desde 2011

Você tem formação em Engenharia de Software? Se a resposta for sim, atenção! De acordo com o portal norte-americano  Digital Trends , a Apple anunciou, na semana passada, que abriu 161 vagas de emprego para quem deseja trabalhar com a Siri , a assistente virtual para iOS, macOS e watchOS, que funciona com comando de voz.

Leia também: Orelhões farão ligações gratuitas pelos próximos seis meses em 12 estados

Os esforços da Apple parecem estar voltados à melhoria dos serviços do software, que se mostraram limitados desde o seu lançamento para o iPhone ainda em 2011 – principalmente quando comparados com seus concorrentes, a Alexa da Amazon e o Google Assistant.

Em fevereiro de 2018, a empresa lançou o HomePod, o que deixou alguns dos seus usuários frustrados. Afinal, tal lançamento apenas correspondeu às expectativas relativas à qualidade sonora da caixa de som interativa, enquanto que a inteligência artificial do dispositivo ainda deixava a desejar.

Leia também: Aplicativo do Google permite que pais monitorem uso e bloqueiem celular do filho

Sobre as vagas na Apple

Das 161 vagas abertas pela empresa, 125 são para candidatos que topem trabalhar no escritório de Santa Clara Valley, na Califórnia. Outros 10 selecionados para trabalhar com a Siri irão prestar serviço em Cambridge, na Inglaterra. As demais vagas estão distribuídas nas cidades de São Francisco, Seattle, Xangai, Pequim, Tóquio, Ottawa, Cingapura, Munique e Madri.

Além disso, a maioria dos anúncios – 154 deles – são direcionados à contratação de engenheiros de software. As outras vagas se distribuem entre profissionais da área do Design e do gerenciamento de produtos da Siri.

AirPods 2

Outra novidade da empresa é que os  fones sem fios, os AirPods, devem receber uma nova geração  já nos próximos meses. Eles pretendem ter resistência contra água e poeira, além de controle de voz. Caso essa informação se confirme, o acessório passaria a aceitar comandos para a Siri, por exemplo.

Desde quando foram lançados, em 2016, os fones sem fios da Apple passaram a aquecer o mercado para este tipo de produto. Apesar de ter sido pioneira, a empresa tem perdido espaço para concorrentes como o IconX, da Samsung, e o Pixel Buds, do Google, que foram lançados em 2017. Ambos os modelos já são compatíveis com suas respectivas assistentes virtuais. A previsão é que os AirPods 2 cheguem ao mercado no segundo semestre de 2018.

Leia também: Atualização do iOS permite desativar redução automática de desempenho do iPhone

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.