Tamanho do texto

Vale destacar que mesmo com a atualização do app, o criador do grupo do WhatsApp é o único que não pode ser removido da função; confira

Brasil Econômico

Apenas era possível remover a função de administrador de um participante que fosse excluído do grupo do WhatsApp
shutterstock
Apenas era possível remover a função de administrador de um participante que fosse excluído do grupo do WhatsApp

Usuários de iOS e Android do WhatsApp contam com um novo recurso do aplicativo de mensagens. Agora, a versão nova beta da plataforma permite que um membro do grupo retire a função de administrador de um participante.

Leia também: Em breve, aplicativo do Google recusará chamadas de spam automaticamente

Até a atualização, somente era possível retirar o ‘título’ de administrador de um participante do grupo que fosse excluído do grupo. Vale destacar que o criador do grupo do WhatsApp é o único que não pode ser removido da função. De acordo com o portal WaBetaInfo , para ativar a versão em um dispositivo iOS é preciso ter a atualização 2.18.41 do app e a atualização 2.18.116 para Android.

Como funciona?

Para retirar o status de administrador de um usuário é bem simples. Primeiramente vá até a conversa do grupo e clique sobre o nome da conversa, que fica ali na parte de cima da tela. Achou o administrador em questão? Mantenha o dedo pressionado sobre ele vá até a opção que o remove como administrador do grupo. Em seguida, será possível conferir se o participante continua no grupo sem a função de adm.

Leia também: YouTube e Google são acusados de coletar ilegalmente dados de crianças

Mais mudanças

Já aconteceu de você excluir sem querer uma mídia recebida pelo aplicativo de mensagens e não conseguir baixar novamente o conteúdo? Agora isso não é mais um problema para os usuários de Android, informou o portal  WaBetaInfo  .

De acordo com o portal, o  novo recurso disponível na versão Beta do app foi adicionado silenciosamente entre as atualizações 2.18.106 e 2.18.110 do Android e permite que qualquer imagem, vídeo, GIF, mensagem de voz ou documento seja novamente baixado no dispositivo após a exclusão do arquivo na galeria de mídias da plataforma. Anteriormente, o recurso ficava disponível apenas por 30 dias.

Leia também: 'Talvez custe vidas': comunicado do Facebook é divulgado e constrange empresa

WaBetaInfo  testou o novo recurso do WhatsApp e constatou que apenas mídias baixadas há até dois meses foram recuperadas com sucesso. Entretanto, em relação a imagens e vídeos recebidos há três meses, foram necessárias diversas tentativas para fazer o download com êxito.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.