Tamanho do texto

Ambas as empresas pertencem ao Facebook e anúncio foi feito pelo CEO Mark Zuckerberg durante conferência da empresa realizada anualmente

Mark Zuckerberg anunciou durante conferência anual do Facebook que WhatsApp e Instagram vão permitir que chamadas de vídeo em grupo sejam realizadas
Divulgação/Facebook
Mark Zuckerberg anunciou durante conferência anual do Facebook que WhatsApp e Instagram vão permitir que chamadas de vídeo em grupo sejam realizadas

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, afirmou que tanto o WhatsApp quanto o Instagram , aplicativos que pertencem à empresa, vão passar a permitir chamadas de vídeo em grupo. O anúncio aconteceu durante apresentação na conferência anual do Facebook para desenvolvedores, a F8, realizada em San José, na Califórnia.

Leia também: Facebook vai lançar ferramenta de namoro própria, anuncia Zuckerberg

A novidade é maior para o Instagram. A rede social de compartilhamento de fotos e vídeos só permitia que usuários trocassem mensagens, nem sequer era possível fazer uma chamada de vídeo com uma única outra pessoa. Dessa forma, o aplicativo passará de uma vez só a contar com a opção de chamadas de vídeo entre dois e mais indivíduos.

O WhatsApp, porém, nasceu como uma aplicativo para troca de mensagens e há muito tempo já permite que usuários façam ligações de voz e vídeo com outros usuários. A partir de agora, porém, o aplicativo contará também com a função de colocar mais de duas pessoas na conversa em vídeoconferência .

Leia também: Usuários do Instagram agora podem postar até 10 mídias de uma vez no Stories

Chamadas em vídeos com mais de dois usuários já está sendo testada no Instagram
Divulgação/Instagram
Chamadas em vídeos com mais de dois usuários já está sendo testada no Instagram

Diferente de outra novidade anunciada por Zuckerberg que diz respeito à criação de uma ferramenta de namoro dentro do Facebook , as mudanças no WhatsApp e no Instagram não foram detalhadas e nenhum prazo para elas entrarem em vigor foi estabelecido.

Nesse segundo, porém, alguns usuários já estão conseguindo testar a nova funcionalidade.

Mudanças tardias

Especialistas em tecnologia afirmaram que as mudanças até tardaram para acontecer. Isso porque concorrentes do Facebook como a Microsoft e o Google já tem aplicativos próprios com a opção de vídeoconferência há bastante tempo: Skype e GTalk, respectivamente. Resta saber agora se o Instagram e, sobretudo, o WhatsApp conseguirão conquistar espaço nesse mercado.

Leia também: 69% dos brasileiros já têm acesso à internet pelo celular, afirma IBGE

Com esse cenário, as perspectivas para o WhatsApp são mais otimistas. O aplicativo de mensagens já conta com mais de 1,5 bilhão de usuários ativos por mês no mundo. Certamente muito deles precisavam trocar de ferramenta quando queriam fazer chamadas de vídeo em grupo e agora devem passar a simplesmente seguir utilizando o próprio aplicativo.

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.