Brasil Econômico

undefined
shutterstock
Usuários poderão reencaminhar, no máximo, cinco vezes uma mensagem recebida no WhatsApp


O aplicativo WhatsApp está limitando para cinco o número de vezes em que um usuário pode reenviar uma mesma mensagem. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (21), durante um evento da empresa em Jacarta, capital da Indonésia.

Leia também: Atualização do WhatsApp permite colocar figurinhas nas fotos; veja como fazer

De acordo com o WhatsApp , um texto recebido poderá ser reenviado cinco vezes, no máximo, para grupos ou contatos particulares. A medida foi tomada em uma tentativa de reduzir o número de boatos e fake news (notícias falsas, em português) que circulam pelo aplicativo.

A empresa informou que, com a novidade, caso um usuário tente compartilhar uma foto, vídeo ou texto para mais de cinco contatos (pessoas ou grupos), verá um alerta na tela lembrando-o de que o limite é de reenvio para apenas cinco conversas.

O aplicativo de mensagen s também disse que a atualização chegará primeiro aos usuários que possuem aparelhos celulares com sistema Android, começando nesta segunda-feira (21). Depois disso, o novo limite será disponibilizado para smartphones da Apple, ainda sem data definida.

A possibilidade da redução do número de mensagens encaminhadas já havia sido adiantada, em dezembro , e deve valer para usuários de todo o mundo.

WhatsApp já havia diminuído número de encaminhamentos possíveis

undefined
Pixabay
O WhatsApp já havia reduzido para cinco o número de encaminhamentos na Índia no ano passado; agora, medida passa a valer em todo o mundo


Até o momento, os internautas podiam reenviar uma mensagem para até outros 20 usuários ou grupos. O limite foi implementado em julho, quando o crescimento das fakes news atingiu grandes níveis -  antes, podiam ser feitos até 250 reenvios por mensagem .

Leia também: Caiu na rede! De vazamento a fakes, relembre assuntos que tomaram a web em 2018

Na mesma época em que reduziu os encaminhamentos para 20 no mundo todo, o aplicativo de mensagens  WhatsApp deixou o limite ainda menor na Índia, onde já eram permitidos apenas esses cinco reenvios. O compartilhamento de notícias falsas no país causou uma onda de linchamentos que resultou em pelo menos 27 mortes no ano passado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários