Tamanho do texto

Com a junção dos aplicativos, contatos de cada uma das redes sociais ficariam interligados; medida pode ser implantada até o início de 2020

Mark Zuckerberg quer integrar seus aplicativos de mensagens a partir de 2020
Reprodução/Twitter
Mark Zuckerberg quer integrar seus aplicativos de mensagens a partir de 2020


Mark Zuckerberg está planejando integrar seus três aplicativos de mensagens. De acordo com uma reportagem do jornal americano The New York Times , o diretor-executivo do

Facebook quer unir WhatsApp, Messenger e Instagram.

Leia também: Já é possível compartilhar filmes e séries da Netflix no stories do Instagram

Segundo a publicação, a integração dos três aplicativos de mensagens facilitaria a comunicação com os usuários e contatos das diferentes plataformas. Dessa forma, um usuário do WhatsApp, por exemplo, poderia enviar uma mensagem para um contato do Instagram sem precisar sair do aplicativo.

A medida engloba o WhatsApp , o Messenger , que é o aplicativo de conversas do Facebook, e o Instagram Direct, função de bate-papo do aplicativo de fotos.

NY Times também afirmou que a mudança deve acontecer até o início do ano que vem. Mesmo com a mudança, a informação é de que os três aplicativos vão continuar funcionando separadamente de forma normal. 

Integração dos três aplicativos de mensagem é polêmica

Aplicativos de mensagens do Instagram e do Facebook podem ter seus dados cruzados com o WhatsApp
Pixabay
Aplicativos de mensagens do Instagram e do Facebook podem ter seus dados cruzados com o WhatsApp


Para colocar a novidade em prática, os códigos dos aplicativos precisarão ser mudados e também interligados, o que pode ser uma medida polêmica para a plataforma, que vem recebendo diversas denúncias de vazamento de dados nos últimos anosO jornal norte-americano relatou que algumas empresas já se mostraram preocupadas com a novidade  do dono do Facebook. 

Por enquanto, o WhatsApp exige muito menos dados para cadastro - apenas um número de telefone. Além disso, todas as mensagens enviadas a partir da plataforma são perdidas, já que são enviadas com criptografia, o que impede que a empresa tenha uma cópia das mensagens.

Leia também: WhatsApp lança 157 novos emojis para a versão Android do aplicativo; confira

Segundo o NY TimesZuckerberg  cogitou implementar a criptografia em todos os aplicativos de mensagem , mas também já pensou em cruzar os dados dos três para conseguir perfis mais precisos dos usuários.

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.