Tamanho do texto

O Play Pass permite que usuários baixem jogos e aplicativos sem publicidade ou outras cobranças. O serviço funciona como assinatura mensal, e foi lançado nos Estados Unidos

google arrow-options
Reprodução
Google anuncia o Play Pass.


Google  anunciou nesta segunda-feira o lançamento do  Play Pass  , um serviço de assinatura que dá acesso a jogos e aplicativos completos, livres de anúncios e outras cobranças. A plataforma entra no ar nesta semana nos Estados Unidos , com oferta inicial de mais de 350 títulos por mensalidade de US$ 4,99 . Por período limitado, usuários poderão fazer a assinatura por US$ 1,99 no primeiro ano.

O serviço chega para concorrer com o Apple Arcade , que entrou no ar semana passada, oferecendo mais de cem jogos por US$ 4,99 (R$ 9,90 no Brasil). Mas, diferente da plataforma da Apple, o Play Pass também oferece aplicativos e nem todos os títulos são exclusivos. 

Leia também: Games mobile: quem ganha na disputa entre Android e iOS?

Em comunicado, a companhia afirma que estão no Play Pass títulos conhecidos como “Terraria” e “Monument Valley”, jogos comercializados na loja de aplicativos do Android por R$ 19,90 e R$ 12,90, respectivamente. “Star Wars: Knights of the Old Republic“ também está incluído no pacote. Avulso, o game custa R$ 36,99. O aplicativo AccuWeather , recheado de propagandas, é oferecido no Play Pass sem publicidade.

"O Play Pass ajuda a encorajar as pessoas a tentar novas experiências que elas não fariam de outra forma", afirma Maria Sayans, diretora executiva da produtora Ustwo, criadora de “Monument Valley”.

Leia também: Celular fica travando? Confira dicas para liberar espaço

De acordo com o Google , novos títulos serão adicionados todos os meses, incluindo o “This War of Mine” e “Cytus”. Porém, a companhia não informou se o Play Pass terá títulos exclusivos, como acontece com o Apple Arcade .

O Play Pass estará disponível na página inicial da Play Store , com um ícone no formato de um ticket. Como outros serviços Android , o Play Pass poderá ser compartilhado com até cinco outros membros da família, sendo que cada um gerencia sua própria conta individual. O  Google ainda não disponibilizou previsão de lançamento para o Brasil.