WhatsApp
shutterstock
Novo golpe circula no WhatsApp


Um novo golpe circula no WhatsApp alegando dar prêmios ligados ao Free Fire, um dos jogos mais populares no Brasil. De acordo com a empresa de cibersegurança Kaspersky, o objetivo da mensagem divulgada é exibir propaganda e disseminar scareware. 

Desde que a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) começou, a Kaspersky registrou um aumento de 124% nos ataques de phishing em plataformas móveis. E o golpe do momento que está sendo disseminado no WhatsApp diz que a desenvolvedora do Free Fire está dando mil diamantes (moedas usadas no jogo) em uma nova promoção. O objetivo da mensagem, porém, é fazer com que as vítimas cliquem em um link. 

Leia também: “Parecia que tinham me estudado”, diz jornalista que caiu em golpe no WhatsApp

“Devido à pandemia do CoronaVirus em todo o mundo, o Free Fire está dando 1000 diamantes e alguns passes gratuitos para sua plataforma durante o período de isolamento. Vai durar pouco tempo!”, diz a mensagem encaminhada junto com o link.

Ao clicar no endereço, o internauta é encaminhado para uma página falsa na qual ele precisa responder três questões sobre o jogo. A cada resposta, uma nova janela se abre no navegador, e é aí que o golpe acontece. 

Algumas da páginas encontradas pela Kaspersky apenas exibem anúncios, enquanto outras praticam scareware . A engenharia social faz com que a vítima fique com medo de alguma suposta falha apresentada pelo site e baixa uma solução para ela que, na verdade, é um software malicioso. 

Leia também: Golpes sobre coronavírus no WhatsApp já atingem mais de 2 mi de pessoas

Ao final do golpe, é pedido que o internauta compartilhe a mensagem com cinco contatos, o que ajuda a mantê-lo em circulação. As premiações no jogo Free Fire são falsas e usadas apenas para chamar a atenção das vítimas. 

Como se proteger

Esse tipo de golpe é bastante comum de circular no WhatsApp e chama a atenção para que o internauta clique em um link. Para não cair, fique atento às seguintes dicas:

  • Suspeite de promoções boas demais para ser verdade ou mensagens muito alarmantes;
  • Desconfie de qualquer link recebido por e-mail, SMS, WhatsApp ou redes sociais;
  • Confira se o link está correto e de acordo com o serviço ao qual ele diz se relacionar, sem erros de ortografia;
  • Acesse o site oficial da empresa ou suas redes sociais para saber se a promoção é verdadeira (nesse caso, o próprio Free Fire já desmentiu a promoção em sua página do Facebook);
  • Não insira seus dados pessoais sem ter certeza de que o link é confiável.

    Veja Também

      Mostrar mais