robô
Divulgação/Brain Navi
Robô realiza exame de Covid-19 de forma autônoma

Um dos grandes desafios da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) é a testagem da população. Uma empresa de  Taiwan , porém, desenvolveu uma solução para facilitar os exames: um robô que toma o lugar do profissional da saúde e realiza a testagem. 

O braço robótico , desenvolvido pela companhia  Brain Navi , consegue inserir um grande cotonete dentro do nariz do paciente e pegar uma amostra de secreção com bastante precisão para realizar o teste de Covid-19 .

De acordo com a empresa, esse é o primeiro robô do tipo, e o principal objetivo é evitar o risco de contaminação entre pacientes que serão testados e profissionais da saúde - sobretudo a contaminação cruzada. Além disso, a novidade poupa o tempo dos profissionais, que podem se dedicar ao cuidado dos doentes. 

"Com a assistência do robô, podemos testar com segurança 24 horas por dia e, portanto, poupamos os profissionais de saúde do ambiente de alto risco durante a coleta de amostras. Acreditamos que, com a ajuda do robô, podemos ganhar tempo de maneira eficiente, enquanto esperamos por uma vacina, e prevenir a infecção cruzada", disse a empresa. 

O robô foi construído com tecnologia baseada em um outro dispositivo da Brain Navi. O primeiro braço robótico é usado em neurocirurgias, e já foi testado em 15 pacientes no centro médico Hualien Tzu-Chi, em Taiwan.

Por enquanto, o robô que faz o teste de Covid-19 não foi implementado em nenhum hospital. A empresa já tem autorização para testes clínicos no Taiwan, e tenta uma autorização de uso de emergência nos Estados Unidos. 

O médico fundador da empresa, Jerry Chen, disse nas redes sociais que o objetivo é espalhar a tecnologia pelo mundo. "Precisamos levar a tecnologia para onde o mundo precisa, especialmente onde o a quantidade de profissionais da saúde é insuficiente. Após a obtenção da licença, haverá um projeto de aluguel e caridade", garante. 

Como funciona o robô

Apesar da ideia de ter um robô colocando lentamente um cotonete em seu nariz possa ser assustadora, a empresa garante que a tecnologia é segura e bastante precisa. Para conseguir isso, o braço robótico segue alguns passos. Entenda o funcionamento:

  1. O paciente coloca um grampo plástico no nariz para orientar o robô;
  2. Depois, ele se senta em uma cadeira com o queixo apoiado, em posição similar à utilizada exames oftalmológicos; 
  3. O robô pega o cotonete;
  4. O robô faz o reconhecimento facial do paciente; 
  5. O robô aponta o cotonete para um ângulo mais confortável para a realização do exame;
  6. Depois de colocar o cotonete, o robô o esfrega na cavidade nasal por 10 segundos;
  7. O robô coloca o cotonete no tubo para transporte.

Veja o vídeo completo do robô em ação:


    Veja Também

      Mostrar mais