Semana do Brasil
Unsplash
Compras online podem ser um risco para os usuários

A Semana do Brasil nem bem começou e cibercriminosos já estão se aproveitando dela para aplicar golpes . O evento, que começa nesta terça-feira (3) e vai até o dia 13 de setembro, é uma parceria entre governo federal varejistas de todo o Brasil, e dá descontos em produtos de todos os tipos. Em sua segunda edição, o evento é conhecido como a Black Friday brasileira. 

Em meio a tantas promoções , porém, criminosos encontram espaço para aplicar golpes. A empresa de cibersegurança Kaspersky alerta que já identificou publicações que se passam por promoções para roubar dados dos usuários. 

Um deles aparece para os internautas em um post patrocinado no Facebook . Se passando pelas Americanas , a oferta de uma televisão 4K por menos de R$600 leva o usuário para uma página de phishing . Lá, em uma suposta compra, a vítima fornece dados privados aos criminosos, incluindo o número do cartão de crédito.

"O cibercrime brasileiro está sempre atento a datas especiais para lançar os seus ataques. Então, é importante que o usuário tenha consciência de que nem tudo que é oferecido na internet - mesmo em redes sociais confiáveis, como o Facebook - é verdadeiro", explica Claudio Martinelli, diretor-general da Kaspersky para a América Latina.

O executivo ainda alerta para os pagamentos em boletos que, diferentemente dos cartões, não permitem estorno. Muitos hackers utilizam o pagamento em boleto para aplicar golpes digitais.

"Desconfie de preços absurdos, não acredite em 'lojas’ que só aceitam pagamento em boleto, não clique em anúncios que redirecionam para sites cujo nome é diferente do legitimo e não compartilhe estes anúncios", aconselha Martinelli.

Como se proteger de golpes na Semana do Brasil

Para se proteger de golpes e realizar suas compras online com tranquilidade, é importante estar atento nas seguintes dicas:

  • Suspeite de promoções boas demais;
  • Suspeite de links recebidos no WhatsApp, SMS, e-mail ou redes sociais, principalmente se o endereço parecer suspeito;
  • Sempre cheque o site antes de clicar, tendo certeza de que ele é o oficial da marca que diz ser. É importante checar todos os caracteres antes de realizar uma compra;
  • Verifique se a promoção é verdadeira acessando o site oficial da empresa ou seus perfis nas redes sociais;
  • Se não tiver certeza da segurança do site, não insira seus dados pessoais.

    Veja Também

      Mostrar mais