joe biden twitter
Reprodução/Twitter
Joe Biden não vai herdar os seguidores de Trump no Twitter

O Twitter confirmou que as contas oficiais da presidência dos EUA vão perder todos os seguidores antes de serem transferidas de Donald Trump para Joe Biden . A equipe do presidente eleito questionou a rede social, que disse que a decisão é "incontestável".

A regra, porém, foi diferente da última vez. Quando as contas oficias foram transferidas de Barack Obama para Trump, em 2016, o Twitter permitiu que os seguidores fossem mantidos.

As contas afetas são a @POTUS (sigla para "presidente dos Estados Unidos), a @WhiteHouse (Casa Branca) e a @FLOTUS (canal oficial da primeira-dama). Elas possuem, respectivamente, 33 milhões, 26 milhões e 16 milhões de seguidores. A conta pessoal de Biden , com mais de 21 milhões de seguidores, não sofrerá nenhuma alteração.

"Em 2016, o governo Trump absorveu todos os seguidores do presidente Obama no Twitter, nas contas @POTUS (sigla para presidente dos Estados Unidos em inglês) e @WhiteHouse (Casa Branca)", escreveu Rob Flaherty, diretor de redes sociais da equipe de Biden, no Twitter . "Em 2020, o Twitter nos informou que agora o governo Biden vai ter que começar do zero", continou.

O Twitter esclareceu que quem segue as contas presidenciais será avisado de que elas serão arquivadas. Os usuários também serão questionados se querem seguir as @s do governo Biden.

    Leia tudo sobre: donald trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários