Nova política de privacidade do WhatsApp gerou polêmica
Ink Drop/Shutterstock
Nova política de privacidade do WhatsApp gerou polêmica

O Procon-SP divulgou nesta sexta-feira (9) que marcou uma reunião com o Facebook para discutir sobre a atualização da política de privacidade do WhatsApp .

As mudanças, que já deveriam estar em vigor,  foram adiadas para maio depois de gerarem polêmica em todo o mundo. Com as novas regras, o WhatsApp passa a compartilhar mais dados dos usuários com o Facebook - quem não aceitar a política, não poderá usar o aplicativo .

"As plataformas de redes sociais não podem tratar os dados dos consumidores desrespeitando a lei, como também não podem impedir o consumidor de continuar usando o serviço caso este não aceite um termo abusivo. Por essa razão, precisamos de explicações mais claras para entender os novos termos de uso", afirma Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP, em nota à imprensa.

De acordo com o órgão de defesa do consumidor, a reunião ficou marcada para o dia 22 de abril. Atualmente, a nova política de privacidade do WhatsApp já é alvo de investigação na Justiça brasileira , bem como em outros países .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários