Chloé Zhao, diretora de cinema
Divulgação
Chloé Zhao, diretora de cinema

Todas as publicações a respeito da vitória da cineasta chinesa Chloé Zhao no Oscar desapareceram da rede social Weibo , uma das mais utilizadas na China, nesta segunda-feira (26). Chloé foi a primeira mulher não branca a levar a estatueta de melhor direção , feito que foi alcançado com " Nomadland ", que também ganhou o título de melhor filme. As informações são da agência France-Presse.

Apesar de ter sido inicialmente aclamada em seu país, Chloé e o filme "Nomadland" tiveram todas as publicações excluídas do Weibo , como se as vitórias no Oscar nunca tivessem existido. A imprensa chinesa também não fala sobre o assunto.

Antes da premiação, a imprensa local falava do sucesso do longa, mas Chloé se tornou alvo de ataques de nacionalistas chineses, que encontraram entrevistas nas quais a diretora parece criticar a China . Depois disso, os cinemas do país adiaram a estreia do filme.

No Weibo , muitas publicações elogiavam a diretora e denunciavam a censura da rede social . Agora, não é possível encontrar posts sobre o tema. Nas ruas, a France-Presse disse ser fácil encontrar pessoas orgulhosas da vitória da cineasta. "Ela é o orgulho do povo chinês", afirmou Yan Ying, uma engenheira, à agência. "É muito raro que um chinês receba um Oscar".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários