Tinder cria Central da Vacinação
Unsplash/Kon Karampelas
Tinder cria Central da Vacinação

O Tinder anunciou nesta quinta-feira (12) a criação da chamada Central de Vacinação no Brasil. Com a novidade, o aplicativo de relacionamento vai permitir que usuários informem em seus perfis que estão vacinados, além de terem acesso a diversas informações oficiais sobre a vacinação contra a Covid-19.

O recurso será lançado oficialmente no dia 18 de agosto e conta com a parceria do movimento Unidos Pela Vacina e dos governos estaduais de todo o Brasil. A ideia é incentivar os usuários do Tinder a tomarem a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

"Trazer informação sobre a eficácia das vacinas é essencial para voltarmos a conviver socialmente de forma segura e o Tinder tem o orgulho de apoiar essa iniciativa tão importante. Esperamos que os stickers ajudem a deixar mais fácil e divertido para os membros do app compartilharem seu status de vacinação, para que sigam fazendo conexões significativas no Tinder", disse Rodrigo Fontes, Diretor do Tinder no Brasil, em comunicado à imprensa.

"A Central de Vacinação do Tinder é mais um passo fundamental para a ampliação do conhecimento, da conscientização e do engajamento da sociedade civil, principalmente dos jovens, frente à vacinação contra a Covid-19 no país", completou Claudia Sender, membro de diversos conselhos empresariais e integrante da frente de Comunicação do Unidos Pela Vacina.

Confira os recursos que estarão presentes no Tinder:

  • Stickers para o perfil: usuários vão poder adicionar figurinhas ao seu perfil com frases como "Vacinas Salvam Vidas", "Dose 1 OK", "Vou Tomar a Vacina" e "Imunização";
  • Banners educativos: espaços destinados para publicidade no aplicativo foram cedidos ao Unidos Pela Vacina, a fim de conscientizar os usuários do Tinder;
  • Locais de vacinação: uma aba no aplicativo vai mostrar informações oficiais dos sites dos governos estaduais a respeito da vacinação contra a Covid-19.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários