Antena de 5G
Unsplash/Jakub Pabis
Antena de 5G

leilão do 5G, iniciado na quinta-feira (4), teve a etapa de abertura de propostas encerrada nesta sexta-feira (5). Ontem, foram vendidos lotes relativos às faixas de frequência de 700 MHz, 3,5 GHz e 2,3 GHz. Hoje, foram leiloados lotes referentes à faixa de 26 GHz. Ao arrematar o lote J32, a Neko se tornou uma nova prestadora de serviços de internet móvel no Brasil.

O leilão desta sexta-feira foi iniciado pelos lotes do tipo G, todos blocos de 200 Mhz na faixa de 26 GHz, com área de prestação nacional.

Os lotes G01 e G02 foram arrematados pela Claro, cada um por R$ 52 milhões. Em seguida, a Telefônica, dona da Vivo, foi a vencedora dos lotes G03, G04 e G05, que também custaram R$ 52 milhões cada.

Na sequência, o leilão dos lotes do tipo H foi iniciado. Esses lotes são todos blocos de 200 Mhz na faixa de 26 GHz, mas com área de prestação regional. Por falta de propostas, os lotes de H01 a H18 foram considerados desertos, ou seja, não tiveram compradores.

Leia Também

O lote H19, cuja área de prestação é a região Sul do Brasil, foi arrematado pela TIM, que ofereceu R$ 8 milhões, com ágio de 6,2%. Por falta de propostas, os lotes de H20 a H24 também foram considerados desertos.

O lote H25, referente aos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, também teve a TIM como vitoriosa, com proposta de R$ 11 milhões. Os lotes de H26 a H30 também foram considerados desertos.

Leia Também

Referente ao estado de São Paulo, o lote H31 foi arrematado pela TIM por R$ 12 milhões, com ágio de 5,9%. Os lotes de H32 a H36 também foram considerados desertos.

Os lotes H37, H38, H39, H40 e H41, referentes aos setores 3, 22, 25 e 33 do PGO, teve a Algar Telecom como vitoriosa, com propostas na casa de R$ 1 milhão cada. Já o lote H41 foi arrematado pela Fly Link por R$ 900 mil.

Na sequência, a venda dos lotes do tipo I foram iniciadas. Esses lotes são blocos de 200 MHz, e os primeiros cinco não foram colocados à venda por se tratarem das mesmas faixas dos lotes de tipo G, que já haviam sido vendidos. O I06 foi arrematado pela TIM por R$ 27 milhões. Os lotes de I07 a I10 foram considerados desertos.

Iniciou-se, então, o leilão dos lotes do tipo J. Os blocos de J01 a J18 foram considerados desertos, enquanto o J19 não pode ser vendido porque o H19 já havia sido arrematado. O lote J20, referente à região Sul do Brasil, foi arrematado pela TIM por R$ 4 milhões, com ágio de 6,12%.

Os lotes de J21 a J24 foram considerados desertos, e o J25 não foi vendido porque o H25 já havia sido arrematado. Já o lote J26, referente aos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, também teve a TIM como vencedora, com proposta de R$ 6 milhões. Os lotes de J27 a J30 foram considerados desertos, enquanto o J31 não pôde ser vendido porque o H31 já tinha sido arrematado.

Por R$ 8,5 milhões, a Neko arrematou o lote J32, referente ao estado de São Paulo, se tornando uma nova prestadora de serviços na região. O lote J33, também referente a SP, foi arrematado pela TIM por R$ 6 milhões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários