Elon Musk é o maior acionista individual da rede social
Steve Jurvetson/Flickr
Elon Musk é o maior acionista individual da rede social

O empresário Elon Musk gastou US$ 2,64 bilhões na compra de ações do Twitter desde janeiro para se tornar o maior acionista da empresa. Ele fez compras quase diariamente desde o início do ano, segundo um documento divultado pela SEC, o órgão regulador do mercado de capitais nos EUA, equivalente á Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O documento diz que Musk, que tem mais de 80 milhões de seguidores no Twitter, possui 73,1 milhões de ações, ou cerca de 9,2% da empresa. No fim do pregão de segunda-feira (4), sua participação já valia cerca de US$ 3,73 bilhões. As ações do Twitter dispararam mais de 25% desde que a posição acionária do bilionário se tornou pública.

A participação acionária de Musk foi divulgada segunda-feira por meio de um arquivamento 13G, que indica uma participação passiva ou quando um acionista não tenta exercer influência na empresa.

O novo relatório, desta vez sob código13D, confirma que o dono da Tesla será um investidor ativo que procura dominar os negócios e as operações do Twitter.

Outros saem ganhando

Mas ele não foi o único a sair ganhando com a alta dos papéis da rede social. Depois que Musk se tornou acionista do Twitter, uma legião de pequenos investidores seguidores do empresário correu para comprar ações da empresa.

Foi um fluxo de US$ 152 milhões, o maior de toda segunda-feira na Bolsa americana, segundo mostram dados da Vanda Research.

O executivo conquistou um público fiel de investidores que mantiveram papéis da Tesla durante a maior parte da década passada, enquanto ele ainda lutava para otimizar a produção de carros elétricos e torná-los acessíveis.

A Tesla está agora entre as empresas mais valiosas do mundo, com uma capitalização de mercado de mais de US$ 1 trilhão. "Tudo o que Elon toca cria uma onda de início. Tenho fé nas pessoas que acreditam nele", disse Kyle Ash, de 25 anos, que comprou o equivalente a US$ 2.615 em ações do Twitter, assim que soube que o bilionário havia se tornado o maior acionista da empresa de mídia social.

Musk, que também está por trás de outros empreendimentos como a fabricante de foguetes SpaceX, é a pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio líquido atrelado pela Forbes em US$ 290 bilhões.

A popularidade de Musk com investidores de varejo foi uma das razões pelas quais o Twitter concordou esta semana em oferecer a ele um assento em seu Conselho de Administração , disseram fontes familiarizadas com o assunto. Procurados pela reportagem, Musk e Twitter não responderam aos pedidos de comentários.

Leia Também

O papel de investidores de varejo

As ações do Twitter ficaram para trás em meio ao esforço da empresa para tornar sua publicidade mais lucrativa e gerar mais receita com produtos de assinatura. As ações caíram 38% nos útlimos 12 meses até 1º de abril, antes de Musk revelar sua participação, contra um aumento de 13% no índice S&P 500 no período.

Os investidores de varejo representam 9,9% da base de compradores de ações do Twitter, segundo Vanda. Embora seja maior do que a Tesla, onde os investidores de varejo respondem por 1,5%, é significativamente menor do que a AMC, a ação de memes mais popular, na qual os investidores de varejo representam 40,9%.

"Considerando os seguidores de Musk nas mídias sociais e outras mídias, esperamos que as notícias gerem um interesse significativo de investidores de varejo e maior atividades para o mercado", disse Justin Post, analista do Bank of America Securities, em nota de pesquisa nesta semana. Post alertou que o midiático empresário também pode atrair investidores que gostam de vender ações a descoberto.

Capitalizando com popularidade junto a investidores

Ao investir no Twitter, Musk está seguindo a cartilha da AMC e da GameStop, cujos executivos também capitalizaram sua popularidade com investidores de varejo para fazer apostas em outras empresas.

No mês passado, a AMC revelou um investimento de US$ 27,9 milhões na Hycroft Mining Holding Corp, uma operadora de minas de ouro e prata com problemas. Os investidores de varejo seguiram a dica, e as ações da Hycroft agora estão sendo negociadas a sete vezes mais do que valiam um mês atrás.

Um investimento do presidente da GameStop, Ryan Cohen, na varejista Bed Bath & Beyond no mês passado levou a dobrar o valor de mercado da empresa.

Alguns analistas alertaram que o aumento nas ações do Twitter com base na investida de Musk pode não ser suficiente para manter os investidores de varejo engajados.

A contribuição de longo prazo de Musk para o Twitter dependerá de ele poder ajudar a tornar a empresa mais lucrativa, escreveu o analista da CFRA Research, Angelo Zino, em nota nesta semana.

"O objetivo é monetizar melhor a plataforma, e achamos que Musk só pode ajudar, não prejudicar o processo, com suas recentes críticas à empresa como um sinal renovador", escreveu Zino.

*Com agências internacionais

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários