Presidente Jair Bolsonaro desinformou em vídeos no YouTube
Marcelo Camargo/Agência Brasil - 26/04/2022
Presidente Jair Bolsonaro desinformou em vídeos no YouTube

O YouTube excluiu nesta quarta-feira (11) cinco vídeos de lives do presidente Jair Bolsonaro que continham desinformação a respeito das vacinas contra a Covid-19.

Em nota, a plataforma disse que remove "vídeos que violem as nossas diretrizes de desinformação médica" e que não permite "conteúdo com alegações de que as vacinas causam efeitos colaterais crônicos além das reações adversas raras que são reconhecidas pelas autoridades de saúde, que questione a eficácia dessas vacinas com alegações de que elas não reduzem a transmissão e a contaminação por doenças ou ainda que questione as substâncias contidas nas vacinas".

Os vídeos estavam publicados no canal Os Pingos nos Is, da Jovem Pan, que tem mais de 4,6 milhões de inscritos. A exclusão das íntegras das lives foi descoberta por um monitoramento realizado por Guilherme Felitti, fundador do estúdio de análise de dados Novelo Data.

Os vídeos excluídos mostravam, na íntegra, lives de Bolsonaro realizadas nos dias 03/06/21, 27/05/21, 15/04/21, 11/02/21 e 04/02/20. Com as cinco exclusões, o canal Os Pingos nos Is já acumula 14 punições do Youtube, segundo Felitti. Só nas últimas semanas, 18 vídeos de três canais da Jovem Pan foram punidos pela plataforma.

"Todos os conteúdos no YouTube precisam seguir nossas diretrizes de comunidade", afirmou o YouTube, em nota enviada ao portal iG. "Contamos com uma combinação de inteligência de máquina, revisores humanos e denúncias de usuários para identificar conteúdo suspeito e agimos sobre aqueles que estão em desacordo com nossas políticas".

A plataforma do Google ainda alertou que "violações repetidas ou graves das regras podem levar ao encerramento de uma conta e à remoção do canal".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários