Elon Musk suspende compra do Twitter
Reprodução/Instagram - 26.04.2022
Elon Musk suspende compra do Twitter

Elon Musk anunciou nesta sexta-feira (13) que  sua oferta de US$ 44 bilhões para comprar o Twitter está temporariamente suspensa por conta da falta de detalhes sobre o número de contas falsas ou robôs na rede social.

De acordo com analistas ouvidos pela Bloomberg, o argumento do bilionário pode ser um blefe para reduzir o valor da transação. Mas, afinal, por que Musk se preocuparia tanto com a presença de bots no Twitter? 

O que são bots e por que eles preocupam Musk?

Qualquer conta automatizada que publica sem a necessidade de um humano por trás é considerada um bot (ou robô, em português). No Twitter, bots não são proibidos, desde que obedeçam as regras da plataforma - existe até um selo para perfis automatizados.

Existem perfis que publicam automaticamente a previsão do tempo ou dicas de autocuidado, por exemplo. Esses são permitidos na plataforma. O que o Twitter não tolera em seus termos de uso são bot usados para fins maliciosos, como golpes digitais, disseminação de desinformação ou manipulação política. Esses são conhecidos como bots de spam.

É justamente com esse segundo tipo de Musk se preocupa, sobretudo com aqueles que aplicam golpes relacionados a criptomoedas, mercado do qual ele é entusiasta. Quando teve sua oferta de compra do Twitter aceita, Musk prometeu que "derrotaria os bots de spam".

O Twitter possui formas de derrubar esses bots, mas elas não são completamente eficazes. Recentemente, a rede social divulgou um relatório que estima que contas falsas e de spam representam menos de 5% de seus usuários ativos diários.

Atualmente, a rede social tem 229 milhões de usuários ativos diários, o que significa que há até 11,4 milhões de bots maliciosos circulando na plataforma.

Os robôs, além de prejudicarem o debate público e colocarem a segurança de usuários em risco, podem afastar pessoas da rede social e colocar em risco a reputação da plataforma. Foi justamente este recente levantamento que Musk usou de argumento para suspender a negociação. "O acordo do Twitter está suspenso temporariamente por conta de detalhes pendentes que suportam o cálculo de que contas falsas/spam representam, de fato, menos de 5% dos usuários", afirmou o empresário.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários