Meta muda regras sobre anúncios no Brasil
Unsplash/Dima Solomin
Meta muda regras sobre anúncios no Brasil

A Meta anunciou nesta quinta-feira (19) que anúncios sobre temas sociais veiculados no Facebook ou no Instagram no Brasil terão que passar pelas mesmas regras que anúncios políticos, revelando quem são seus financiadores.

Atualmente, anúncios políticos e relacionados a eleições precisam passar por um processo de autorização antes de serem publicados nas duas redes sociais. Além disso, quando são exibidos para os usuários, eles mostram um rótuolo que indica detalhes sobre a publicidade, como a informação de quem está pagando por ela. Além disso, as peças e seus dados ficam disponíveis publicamente para serem consultados por sete anos.

A partir do final de junho, anúncios com temas sociais passarão pelas mesmas regras. Alguns dos temas que terão que oferecer mais transparência na hora de veicular publicidade são Direitos Civis e Sociais, Imigração, Valores Políticos e Governança, Crime, Economia, Segurança e Política Externa, Política Ambiental, Armas, Saúde e Educação.

"A Meta considera anúncios sobre temas sociais as peças que buscam influenciar a opinião pública por meio de discussões, debates ou argumentos a favor ou contra temas de interesse comum", anunciou a empresa. 

"Essas funcionalidades adicionais de transparência no Facebook e no Instagram, somadas aos requerimentos obrigatórios para anúncios, irão ajudar a promover debates seguros e saudáveis sobre temas importantes. Dessa forma, as pessoas podem entender melhor quem está tentando influenciá-las com peças publicitárias", continuou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários