Just Dance
Reprodução
Just Dance

Devido à pandemia da Covid-19, muitas pessoas começaram a buscar formas de praticar atividades físicas dentro de casa. Uma das alternativas encontradas foram os videogames, em especial os interativos com controles de movimento, como Ring Fit Adventure e Just Dance. Um estudo da USP comprovou que usar games para se exercitar é ótimo para adultos e ainda incentiva crianças a mexerem o esqueleto.

O estudo liderado pelo professor e pesquisador Hugo Tourinho Filho, da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) da USP, mostra que jogos interativos são capazes de melhorar o condicionamento físico, a força e até diminuir os níveis de gordura em crianças. Assim, os pequenos podem sair sedentarismo e se divertir ao mesmo tempo.

Leia Também

Além de ajudar crianças, os jogos também podem ser benéficos para adultos. Só que assim como qualquer outra atividade física, é necessário ter disciplina para que os videogames possam melhorar o condicionamento físico. A vantagem dos jogos é que eles são divertidos, então é mais fácil se interessar por exercícios do que fazer repetições monótonas ou correr parado em uma esteira.

Tecnologia pode ser aliada à saúde, defende pesquisador

Tourinho Filho, em entrevista ao Jornal da USP, defende que os videogames interativos trazem a "possibilidade de viver experiências positivas maiores". Quando uma pessoa faz um exercício e recebe um retorno imediado na forma de pontuação, troféu, ou qualquer coisa do tipo, é comum sentir um impacto positivo na autoestima.

O pesquisador ainda aponta outros benefícios dos games interativos, como a capacidade de evitar problemas futuros. Por exemplo, cada vez mais crianças estão tendo problemas relacionados a níveis altos de triglicerídeos e colesterol. Nesses casos, os jogos podem ajudar a melhorar a saúde desses jovens.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários