Telegram pode ganhar versão Premium em breve
Unsplash/Christian Wiediger
Telegram pode ganhar versão Premium em breve

O Telegram é um dos principais concorrentes do WhatsApp e quase sempre larga na frente quando o assunto é lançar recursos. Dessa vez, porém, parece que a novidade não será tão bem recebida assim: o aplicativo estaria preparando uma versão Premium com reações e stickers exclusivos.

As informações surgiram no canal não oficial Telegram Beta, que testou a versão 8.7.2 do aplicativo e encontrou várias reações de emoji e vários stickers marcados como exclusivos para versão Premium. Ao tentar usar um deles, aparece uma tela dizendo para o usuário assinar o plano.

O bloqueio vai além do uso, aliás. Quem não paga o Telegram Premium não pode visualizar os stickers e as reações do pacote exclusivo ao recebê-las em uma conversa. Novamente, há um convite para assinar ao tentar visualizá-las.

Por enquanto, não há detalhes sobre o serviço em si, como preço e outros diferenciais, nem sobre quando deverá ser lançado.

Leia Também

Telegram quer ganhar dinheiro

Esta não é a primeira tentativa de monetização que o Telegram faz. Em dezembro de 2020, a empresa anunciou planos de colocar anúncios em canais públicos, que comportam grandes quantidades de usuários. A plataforma de propaganda já está no ar.

Na ocasião, o criador do app, Pavel Durov, já falava em criar recursos premium, como stickers exclusivos. A ideia seria dividir o dinheiro com os criadores.

Durov também disse que, até então, ele havia financiado pessoalmente a plataforma. Em março de 2021, o Telegram tinha dívidas de US$ 700 milhões, segundo o Wall Street Journal. Naquele mesmo mês, a empresa disse ter arrecadado US$ 1 bilhão com a venda de títulos de dívida para vários investidores, como o fundo soberano de Abu Dhabi.

De acordo com o site Statista, o app tem 500 milhões de usuários ativos mensalmente em todo o mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários