Apple Watch pode ganhar câmera
Divulgação/Apple
Apple Watch pode ganhar câmera

Quando os primeiros smartwatches apareceram, a promessa era de que em breve substituiriam os celulares por completo. Esse dia ainda não chegou, mas está um pouco mais perto, no que depender da Apple. A empresa registrou uma patente para incluir uma câmera em seu Apple Watch. A lente poderia ficar na coroa digital do relógio.

"Um relógio de pulso pode incluir uma peça giratória, como uma coroa, usada para comandos digitais', diz o documento. "Uma câmera pode ser incluída na montagem, permitindo que imagens sejam capturadas por uma abertura que se estende através dessa peça giratória".

O registro de patente dá mais detalhes: a lente pode ficar na abertura ou atrás dela, para focar na imagem de uma cena. O aparato poderia ter mais de uma função, aliás.

A Apple imagina que o sensor pode ser usado para detectar o movimento na peça giratória, desde que ela tenha alguma marcação visível. Assim, ele identificaria a rotação e traduziria isso para o aparelho na forma de inputs.

A ideia, porém, parece ter alguns problemas. Um deles é como tirar a foto usando essa lente. A imagem vai aparecer na tela do relógio? E o botão virtual, também? Cabem os dois? A patente não diz nada a respeito.

Outra questão é como colocar a lente dentro da coroa digital do Apple Watch, que já é bastante complexa. Também não há nada sobre isso no registro, mas a empresa pode ter a solução.

Um dos inventores da patente é Tyler S. Bushnell. Ele já trabalhou em outro projeto para uma nova coroa digital. Em vez de um mecanismo físico, ela teria uma região sensível ao toque, o que dispensaria o movimento. Isso poderia abrir espaço para colocar uma lente de câmera dentro dela.

Por fim, ficam no ar as questões sobre privacidade, já que uma câmera minúscula desse jeito poderia ser usada para fins nefastos. A patente diz apenas que as entidades envolvidas deverão adotar as melhores práticas nesse campo.

Empresa tem outra patente de câmera no Apple Watch

Uma lente na coroa digital não é a única opção que a Apple estuda para seu relógio de pulso.

Outra patente mostra que a empresa considera instalar uma câmera na traseira do smartwatch, como se fosse um celular minúsculo. As luzes usadas no monitoramento ótico da frequência cardíaca poderiam servir como flash, inclusive.

Neste caso, porém, tirar fotos não é tão prático. O projeto considera duas formas para usar a câmera. Uma delas seria destacar o corpo sem tirar a pulseira. A outra seria simplesmente tirar todo o conjunto do pulso para captar as imagens.

Samsung lançou smartwatch com câmera em 2013

A ideia de colocar câmeras nos smartwatches não é exatamente nova. O Samsung Galaxy Gear, apresentado em 2013, tinha um sensor de 1,9 megapixels na pulseira. O modelo seguinte moveu o conjunto para o corpo do aparelho, permitindo a troca das pulseiras. A ideia, porém, foi abandonada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários