iOS 16 permite que fotos sejam adicionadas em pasta protegida por senha
Unsplash/Jenny Ueberberg
iOS 16 permite que fotos sejam adicionadas em pasta protegida por senha

O iPhone já deixa você ocultar algumas imagens da galeria há algum tempo. Mas a Apple deixou o recurso ainda mais seguro: no iOS 16, o acesso às fotos pessoais escondidas no app Fotos poderá ser protegido com o Face ID ou Touch ID. A novidade chega junto a outros incrementos para garantir mais privacidade.

A atualização é destinada ao álbum de fotos ocultas do app Fotos. Para refrescar a memória, atualmente, os usuários de iPhone podem esconder fotos da galeria sem precisar de outro aplicativo ou instalar alguma ferramenta. O acesso ao álbum secreto, porém, não requer o uso de senha ou biometria.

E é aí que entra o iOS 16, que finalmente vai mudar este mecanismo. Nas configurações do Fotos, há uma opção para proteger o álbum Ocultos e a pasta com as fotos e vídeos apagados com biometria e senha. É o que aponta uma página com novos recursos do iOS 16.

"Os álbuns Ocultos e Excluídos Recentemente são bloqueados por padrão e podem ser desbloqueados usando o método de autenticação do iPhone: Face ID, Touch ID ou a sua senha", anunciaram.

Esta definição, sem dúvida, é um incremento e tanto. Afinal, tem quem guarde fotos íntimas ou de documentos no celular e, mesmo com a senha da tela de bloqueio, prefira uma camada extra de proteção. Por isso, é preciso recorrer a apps de terceiros que, cá entre nós, nem sempre têm o mesmo padrão de segurança.

E esta não é a única novidade envolvendo o Face ID. O iOS 16 também vai permitir o uso do reconhecimento facial mesmo quando o celular está na horizontal. A Apple, no entanto, afirmou que a mudança funciona em "modelos de iPhone suportados" sem especificar quais seriam as variantes compatíveis.

iOS 16 vai pedir permissão para copiar e colar entre apps

Desde o iOS 14, o iPhone informa quando um app acessa a área de transferências para oferecer mais transparência aos usuários. Mas a Apple vai incrementar esta ferramenta: a partir do iOS 16, só será possível copiar e colar informações entre apps com a autorização do proprietário do smartphone.

É o que aponta a mesma página de novidade do sistema operacional. Segundo a Apple, "os aplicativos precisam de sua permissão antes de acessar a área de trabalho para colar conteúdo de outro aplicativo". Ou seja, ao colar um texto, imagem e afins de um app para outro, você precisará autorizar esta troca de informações.

O 9to5Mac revelou uma captura de tela da alteração em ação. Ao copiar um conteúdo do YouTube ao app Mensagens, o iOS emitiu a seguinte notificação: "'Mensagens' gostaria de colar do 'YouTube'". Em seguida, o usuário deve escolher uma das duas opções: "Não permitir colar" e "Permitir colar".

O iOS 16 foi anunciado pela Apple nesta segunda-feira  (6) durante a WWDC 2022. Já a versão final do sistema será liberada aos usuários até o fim do ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários