Tamanho do texto

Avatares customizáveis do Xiamoi CC9 tem mais do que uma leve semelhança com recurso similar encontrado nos iPhones

Olhar Digital

A Xiaomi aproveitou o lançamento da família CC9 de smartphones para introduzir um novo recurso na MIUI, a interface gráfica proprietária usada em seus aparelhos, que roda sobre o sistema operacional Android. Com os “ Mimoji ” os usuários poderão criar e animar personagens customizados, dando um toque mais pessoal à conversas e mensagens.

Leia também: Xiaomi vale a pena? Veja prós e contras dos smartphones da marca chinesa

Mimoji
Olhar Digital
O Mimoji é o recurso de emoji lançado pela Xiaomi e causou polêmica por ser bastante parecido com o Memoji, da Apple

O problema é que o “novo” recurso da Xiaomi  é, digamos, “parecido demais” com um já existente no iOS, chamado Memoji. E não é só o nome que é similar, vejam a imagem abaixo:

A Apple não foi a primeira a colocar em prática a idéia de personagens 3D personalizados. Exemplos anteriores são os Mii, da Nintendo, usados no Nintendo Wii e os avatares do Xbox 360 e Xbox One, que também apareciam em smartphones com o Windows Phone. O problema não é o conceito, mas sim a semelhança na estética dos personagens.

Leia também: Quais são os novos recursos do iOS 13, da Apple, em comparação ao iOS 12?

Antes do Mimoji, Xiaomi já havia sido acusada de copiar a Apple

Xiaomi
Olhar Digital
Antes do Mimoji, a Xiaomi já havia sido acusada de copiar a Apple, já que a interface do Mi 8 é parecida com a do iPhone

Não é a primeira vez que a Xiaomi é acusada de copiar a Apple. Sua interface MIUI tem uma semelhança mais do que superficial com o iOS, e até mesmo a estética dos aparelhos revela uma “inspiração”, como no caso do  Mi 8 (acima), lançado no ano passado.