Olhar Digital

Fortnite
Reprodução/ Shutterstock
Fortnite é bloqueado pela Apple

A batalha entre Epic Games e Apple pode ter ramificações muito mais profundas do que apenas um jogo ter sua distribuição impedida entre usuários de iPhone . Os desdobramentos mais recentes do caso indicam que existe uma chance real de que centenas de jogos disponíveis na App Store podem sentir os efeitos colaterais desta batalha.

Isso pelo fato de que a Apple aumentou as apostas após a abertura de um processo contra si. A Epic diz que foi ameaçada de ter seu acesso às ferramentas de desenvolvimento para o iOS e para o Mac cortadas de forma definitiva a partir de 28 de agosto caso a empresa não se adeque às regras da App Store e lance uma versão de Fortnite que utilize exclusivamente os canais de pagamento da Apple, sem uma solução própria que drible os 30% de comissão.

Ao encerrar o acesso à ferramenta, a Apple não estaria punindo apenas Fortnite. A Epic pode não distribuir uma variedade muito grande de jogos próprios, mas a empresa tem uma presença muito forte no mercado graças à Unreal Engine, seu motor gráfico utilizado por centenas de games para todos os tipos de plataformas, incluindo o iPhone .

Se a disputa chegar a este ponto, e é bem provável que chegue, a situação ficará estranha para os jogos que usam a Unreal e principalmente para os que ainda pretendem usar a plataforma para criação e distribuição de seus jogos.

Pelas palavras da própria Epic, a empresa seria incapaz de realizar melhorias de desempenho de hardware e software na Unreal Engine no Mac e no iOS. "Sem acesso aos kits de desenvolvimento, APIs e outras ferramentas, a Epic será impossibilitada de desenvolver atualizações para a Unreal Engine no iOS e no MacOS e será forçada a descontinuar a Unreal Engine", diz a empresa.

Como acontece com qualquer software abandonado, isso significaria que as falhas de desempenho e estabilidade da Unreal permaneceriam eternamente. Na prática, games que já estão publicados e utilizam a plataforma podem ter que ser repensados do zero, já que o motor gráfico é a base de sustentação de jogos. E, claro, a Epic seria incapaz de fechar parcerias para quaisquer jogos novos no iOS .

Nas palavras da própria Epic, a empresa prevê que a partir do segundo trimestre de 2021, a Apple deve parar de aceitar novos aplicativos que utilizem a Unreal e ainda interromper a distribuição de atualizações para os jogos que já estão publicados e usam a ferramenta. Ou seja: as empresas terão que pensar seriamente antes de liberar qualquer atualização para seus games.

Obviamente, a Epic não está satisfeita com essa situação, e reafirma que, ao contrário de Fortnite , em que a empresa sabidamente infringiu as regras da App Store , a Unreal Engine nunca violou nenhuma política imposta pela Apple. A repercussão pode resultar no enfraquecimento de seu produto mesmo fora dos celulares.

O uso de um motor gráfico como a Unreal tem várias vantagens para os desenvolvedores, e uma das mais importantes é a facilidade de portar um título de uma plataforma para outra. Graças à tecnologia, não é necessário tanto trabalho para distribuir o mesmo jogo no PlayStation , no Xbox e no Switch , além de facilitar a publicação nos celulares.

Agora imagine: você quer lançar um jogo para consoles, mas quer manter aberta a possibilidade de publicar uma versão para smartphones; você vai procurar licenciar uma ferramenta que não permitirá distribuir seu game no iPhone? Provavelmente não.  No lugar, você preferirá uma alternativa como a Unity, que não sofreu nenhuma restrição e permitirá o lançamento do mesmo game em todos os consoles, PC e celulares.

A Apple parece pouco comovida com a reação da Epic à ameaça. Quando questionada sobre o assunto, a empresa reforça que não abrirá exceção para a desenvolvedora de Fortnite e da Unreal . "O problema que a Epic criou para si própria tem uma solução simples", ressalta o comunicado, que convida à publicação de uma atualização do jogo que respeite as regras da App Store .

    Veja Também

      Mostrar mais