Olhar Digital

Fortnite
Reprodução/Fortnite
Fortnite foi excluído da App Store

Apple e Epic Games começaram uma guerra que pode definir o futuro da distribuição de Fortnite (e muitos outros jogos) no iPhone . Enquanto essa disputa não se resolve, algumas pessoas estão tentando lucrar com o fato de que, neste momento, um iPhone com Fortnite instalado pode ser considerado um artigo raro, anunciando o aparelho na internet por milhares de dólares.

O jogo pode ter sido proibido na App Store , mas quem já tinha o jogo instalado no celular poderá mantê-lo por tempo indeterminado. Isso cria uma situação de escassez: quem tem o jogo, tem um item que pode se tornar cada vez mais raro com o tempo, tornando-se item de colecionador.

O resultado pode ser observado em plataformas como o eBay . Buscando pelas palavras "iphone fortnite", é possível encontrar várias pessoas tentando capitalizar com o movimento. No anúncio mais caro, os preços podem chegar a 3.500 libras esterlinas, equivalente a mais de R$ 25 mil, por um iPhone 11 Pro com o jogo.

Obviamente, não há como garantir que esses iPhones continuem sendo escassos. A Apple continua aberta a publicar Fortnite na App Store, desde que a Epic aceite suas condições. Isso faria com que esses iPhones caríssimos se tornem apenas aparelhos comuns, sem nenhum diferencial. Também pode acontecer o oposto: o banimento definitivo deve tornar ainda mais raros esses aparelhos, que se tornariam ainda mais valiosos.

Esse movimento não é incomum quando um jogo popular acaba excluído de uma plataforma. Um dos exemplos mais notáveis foi o de Flappy Bird , que se tornou notável em 2014 pela dificuldade e virou febre. No entanto, o desenvolvedor decidiu, sem motivo aparente, interromper a distribuição do game , fazendo com que os celulares com o jogo fossem anunciados por quantias astronômicas. Na época, um iPhone com o game chegou a receber lances de até US$ 100 mil em um leilão no eBay.

Também não é uma exclusividade dos celulares. Outro caso famoso é de P.T., game para PS4 liberado em 2014 que, na verdade, era um teaser para Silent Hills , um jogo de terror que foi cancelado ainda nas fases iniciais de desenvolvimento quando a Konami rompeu laços com Hideo Kojima. Como resultado, o teaser foi excluído da loja do PS4 e até mesmo quem já tinha o conteúdo vinculado à sua conta foi impedido de baixá-lo novamente pelos caminhos normais, criando escassez. Até hoje é possível encontrar pessoas anunciando o console com a demonstração em plataformas como o eBay.

    Veja Também

      Mostrar mais