Xbox Series X e S
Divulgação
Xbox Series X e S

A redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de jogos eletrônicos e acessórios feito pelo governo federal continua reverberando pela indústria nacional. Depois da Sony anunciar uma diminuição nos preços das linhas PlayStation 5, PlayStation 4  e dos seus controles sem fio, na sexta-feira (20) foi a vez da Microsoft fazer o mesmo pelos seus Xbox Series X e S.

"Após o aviso de redução de impostos, estamos ajustando nossos preços para fornecer aos fãs a melhor experiência de jogo a um preço competitivo", afirmou a empresa, em comunicado à imprensa. "Nossa mudança de preço será refletida assim que novos produtos chegarem às lojas", completou.

Os novos preços sugeridos para consoles e acessórios Xbox são:

  • Xbox Series X:  de R$ 4.599 para R$ 4.349 
  • Xbox Series S:  de R$ 2.799 para R$ 2.649 
  • Controles Sem Fio Xbox Shock Blue, Pulse Red & Electric Shock:  R$ 549 
  • Controle Sem Fio Xbox + Cabo USB-C:  R$ 479 
  • Controles Sem Fio Preto e Branco: R$ 459

Vale ressaltar que os novos preços sugeridos serão refletidos à medida que novos estoques forem chegando ao varejo. Ou seja, nem todos os lojistas são obrigados a seguir a nova tabela de valores. Ainda assim, se tudo correr como planejado, os grandes varejistas devem atender a medida, como normalmente acontece.

Você viu?

Esta é a segunda redução no valor dos consoles da Microsoft, que no lançamento em novembro do ano passado chegaram ao Brasil por preços que variavam entre R$ 4.999, para o Xbox Series X e R$ 2.999 para o Series S – versão mais simples do videogame e sem leitor de discos.

Xbox mais barato graças à redução de IPI

De acordo com a Secretaria Geral da Presidência da República, a nova redução de imposto pelo governo tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento do segmento no País. Conforme a publicação do decreto, os cortes tarifários foram os seguintes:

  • Consoles: de 30% para 20%
  • Acessórios: de 22% para 12%
  • Videogames com tela incorporada: de 6% para 0%

O governo Bolsonaro informou ainda que a desoneração implicará um corte de arrecadação de R$ 82,9 milhões em 2021. Para 2022, a estimativa da redução de tributação é de R$ 119,5 milhões. Entre 2018 e 2019, os impostos eram de, respectivamente, 50%, 40% e 20%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários