Tamanho do texto

Sistema será aplicado nas transmissões de vídeos ao vivo e no Messenger; suicídio é a segunda maior causa de morte de pessoas entre 15 e 29 anos

O Facebook anunciou recentemente que utilizará inteligência artificial para prevenir suicídios. A rede social introduziu um novo instrumento para reconhecer postagens de pessoas que demonstram sinais de alerta e tendência a tirar a própria vida. Segundo a empresa, a cada 40 segundos ocorre um suicídio no mundo. Esta é a segunda maior causa de morte de pessoas entre 15 e 29 anos.

Leia também: Facebook compartilha dicas para se proteger do bullying na internet

O sistema será aplicado nas transmissões de vídeos ao vivo do Facebook Live e no aplicativo de bate-papo Messenger. Aqueles que assistirem a um vídeo de alguém com intenções de suicídio poderão entrar em contato com o autor da transmissão e enviar alertas. Ao mesmo tempo, o usuário em perigo terá opções mais visíveis para pedir ajuda de amigos e profissionais. O site também disponibilizará uma linha de ajuda para quem denunciar o vídeo.

Iniciativa do Facebook é mais um passo na prevenção ao suicídio; em 2016, rede social liberou alertas em posts de amigos
Divulgação/Facebook
Iniciativa do Facebook é mais um passo na prevenção ao suicídio; em 2016, rede social liberou alertas em posts de amigos

Leia também: Facebook promete reduzir remoção de conteúdos considerados impróprios

Em nota, a empresa afirmou que a atualização faz parte do esforço para ajudar a construir uma comunidade segura dentro e fora da rede social. "Especialistas afirmam que uma das melhores formas de evitar suicídios é fazer com que a pessoa enfrentando dificuldades ouça as pessoas que se preocupam com ela".

A iniciativa é um passo a mais na prevenção à prática. No mês de junho do ano passado, a rede social já tinha disponibilizado uma opção que permite que os usuários coloquem um sinal de alerta em postagens de amigos que poderiam estar em risco. As ferramentas são desenvolvidas em colaboração com organizações de saúde em todo o mundo e com pessoas que já pensaram ou tentaram se suicidar.

Leia também: Facebook mudará seu algoritmo para priorizar reações em vez de curtidas

No Brasil, o Facebook tem uma parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que há mais de 50 anos ajuda a evitar situações de suicídio. "Com o auxílio de especialistas em apoio emocional e prevenção do suicídio no país, foi desenvolvido com o CVV um fluxo de respostas para ajudar tanto quem identifica um conteúdo preocupante quanto quem compartilha essas ideias", explica a rede social.

* Com informações da Ansa.

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.