Tamanho do texto

De acordo com o chefe do departamento de música da YouTube, Lyor Cohen, a decisão de juntar os dois serviços é válida na busca por novos assinantes

Versão paga do YouTube e Play Music serão unificadas em uma única assinatura para dar acesso a vídeos e músicas
shutterstock
Versão paga do YouTube e Play Music serão unificadas em uma única assinatura para dar acesso a vídeos e músicas

O Google anunciou, nesta quinta-feira (27), que pretende unificar dois de seus serviços: em breve, YouTube Red e Play Music vão fazer parte da mesma assinatura . A ideia é permitir que o consumidor consiga desfrutar de conteúdos musical e de vídeo sem ter a preocupação de lidar com dois pagamentos diferentes.

Leia também: YouTube decide remover ferramentas de edição de vídeo

A novidade foi divulgada na conferência New Music Seminar, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, pelo chefe do departamento de música da plataforma de vídeos, Lyor Cohen. De acordo com ele, a decisão é válida na busca por novos assinantes. "O importante é combinar o YouTube Red e o Google Play Music e oferecer apenas um serviço", disse o executivo ao ser perguntado sobre a queda na popularidade do serviço pago de vídeos.

Apesar da confirmação de unificação entre os dois serviços, ainda não ficou clara a forma como a junção será feita. É possível que o sistema de assinaturas de um seja integrado ao de outro, por exemplo, o que seja lançado um novo produto, opção com maior probabilidade até o momento.

Leia também: YouTube cria nova ferramenta para combater terrorismo na plataforma

Dificuldades do Red

Com a unificação dos serviços, é possível que a plataforma paga de vídeos do Google registre um salto em sua popularidade. A falta de apelo até o momento se dá, principalmente, pelo fato de que o serviço é menos simples do que deveria ser. Um dos principais problemas, por exemplo, é a operação limitada a poucos países, que inviabiliza uma maior expansão do serviço.

Fora isso, a junção das plataformas deve solucionar outro problema observado no serviço: a função que possibilita ao usuário ouvir o áudio dos vídeos em segundo plano acaba entrando em confronto com o próprio Play Music. Para o consumidor, é mais prático e agradável ouvir músicas em um aplicativo voltado diretamente para isso, e não para vídeos.

Leia também: Netflix tem mais audiência que YouTube, Hulu e Amazon Prime Video juntos

Assim como o YouTube Red será beneficiado pela unificação, o Play Music também deve colher bons frutos dessa parceria. Isso porque a função de vídeos integrada ao aplicativo faz com que a plataforma passe a ter um diferencial em relação aos seus concorrentes, como o Spotify e o Apple Music. E tudo isso em uma única assinatura.

    Leia tudo sobre: YouTube Músicas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.