Tamanho do texto

Segundo uma pesquisa da empresa, pelo menos 85% dos trabalhadores aceitariam um corte salarial por um tempo de deslocamento menor; confira

Brasil Econômico

“Your commute” do LinkedIn está disponível no mundo todo para mobile; versão web chegará em breve
Reprodução
“Your commute” do LinkedIn está disponível no mundo todo para mobile; versão web chegará em breve

Trabalhar perto de casa é um desejo de muitas pessoas. Afinal, quem não gostaria de ter mais tempo livre? Pensando nisso, a rede social dedicada ao mercado de trabalho , LinkedIn, está ajudando seus usuários a realizarem esse sonho. A plataforma está lançando uma nova função de dedicada à geolocalização nesta quinta-feira (7).

Leia também: Instagram poderá comportar vídeos de até uma hora de duração, afirma jornal

Com a novidade, quem está em busca de um novo emprego pode verificar rapidinho, no próprio LinkedIn , o tempo do trajeto de sua casa até a empresa. Assim, o usuário poderá identificar a vaga disponível realmente é interessante para ele.

Segundo reportagem do portal internacional TechCrunch , o novo recurso chamado “Your commute” está disponível no mundo todo na versão mobile do aplicativo. Para desktop, o gerente sênior de produtos da rede social, Dan Li, detalhou que a ferramenta deve chegar em breve.

Ele disse que a ideia da geolocalização para ajudar os usuários a encontrar um novo emprego é, na verdade, uma demanda. Dados coletados pela empresa, por meio de uma pesquisa, indicaram que 85% dos trabalhadores aceitariam um corte salarial por um tempo de deslocamento menor.

Leia também: Spotify volta atrás e reavalia política de conteúdos proibidos na plataforma

“Nossos membros indicaram que a localização de um emprego – e o tempo de deslocamento associado a ele – é um grande fator em seu processo de tomada de decisão ao considerar novos papéis, e sabemos que os horários de deslocamento estão aumentando de acordo com pesquisas recentes”, detalhou.  

Armazenamento

Mas não é só isso. Segundo Li, o recurso permite que o usuário salve suas preferências geográficas de emprego. Ou seja, com a ferramenta, a plataforma automaticamente fornecerá recomendações de vagas de emprego mais relevante para aquele perfil.

Leia também: Brasil perde linhas de telefone fixo, celular e contratos de TV por assinatura

LinkedIn mais atraente

Agora que o usuário consegue “peneirar” com maior precisão em qual vaga quer se candidatar, é importante também saber como deixar o perfil do LinkedIn mais atraente, não é mesmo? O  Brasil Econômico fez uma matéria falando justamente sobre isso. Confira clicando aqui .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.