Tamanho do texto

Com opções para todos os gostos e bolsos, veja como escolher um bom notebook e quais modelos estarão em alta durante a Black Friday

notebook Black Friday arrow-options
shutterstock
Saiba como escolher um bom notebook para a Black Friday


Escolher um bom notebook não costuma ser uma tarefa fácil. Os dispositivos têm diversas especificações que precisam ser analisadas antes de bater o martelo na escolha que vai variar, ainda, de acordo com cada usuário. 

E a Black Friday pode ser um bom momento para comprar notebooks, já que os preços tendem a cair na data. Uma pesquisa realizada pelo JáCotei mostrou, inclusive, que os notebooks foram a única categoria dentre as analisadas que viu seu preço cair no período que antecipa a Black Friday .

Isso significa que dá para confiar ainda mais nas promoções de notebooks durante o dia 29 de novembro, já que os preços dos dispositivos, no geral, não tiveram aquele aumento que antecipa uma falsa queda. 

Leia também: Preços sobem antes da Black Friday; confira quais produtos são mais atingidos

Como escolher um bom notebook?

Mas, afinal, qual notebook comprar durante a Black Friday ? Essa escolha vai depender muito do tipo de usuário. Existem notebooks de R$1.500 e notebooks de R$20.000 e, nesse meio, muitos modelos diferentes e que atendem a diversos públicos.

Mas, independentemente do perfil de usuários, alguns itens devem ser observados com atenção na hora de escolher seu computador portátil. 

Um deles é o processador . A Intel é a marca de processadores utilizadas pela maioria das fabricantes de notebooks, e seus processadores são da linha Intel Core . Dentro dela, temos o Core i3, i5, i7 e i9.

Como esperado, quanto maior o número, melhor o processador. Isso porque a quantidade de núcleos aumenta, o que permite que várias tarefas sejam executadas ao mesmo tempo. Além disso, a frequência também aumenta conforme os números sobem, o que melhora a velocidade de processamento. 

Essa escolha, portanto, depende muito do uso de cada pessoa. Para atividades básicas, um core i3 é o suficiente. Já para usar jogos ou programas mais pesados , vale a pena investir em um processador melhor. E não é só o número ao lado do “i” que deve ser observado.

Também existem as gerações de processadores , que representam o quão moderno ele é. Nesse caso, vale a mesma regra numeral: quanto maior a geração, melhor a capacidade de processamento. 

Leia também: Já pensou em transformar um iPad em plataforma para games hardcore?

Além do processador , também é importante prestar atenção à memória RAM . Ela é considerada a memória de curto prazo do dispositivo, que influencia diretamente na velocidade de processamento do notebook.

Quanto maior a memória RAM, mais ela ajuda o processador. Geralmente, os notebooks mais básicos têm memória RAM de 4GB.

Outra questão é o armazenamento . Se o usuário quer bastante espaço no notebook, vale a pena priorizar uma memória maior. Por outro lado, há que não ligue tanto para isso, usando HDs externos ou armazenamento em nuvem.

Mas mais do que a capacidade de memória, é interessante se atentar à peça responsável por isso, que pode ser um HD ou um SSD . O SSD, apesar de encarecer o notebook, melhora a velocidade do dispositivo como um todo, e já está presente em notebooks mais modernos. 

Vale ressaltar que priorizar o SSD é vantajoso, sobretudo, para quem faz um uso mais intenso do computador. Para quem quer pagar pouco e tem um uso moderado, o HD é suficiente.

Outra peça que é bom ficar de olho para quem usa o notebook para jogos ou programas mais pesados é a placa de vídeo , que vai auxiliar na hora de transferir o que está sendo processado para a tela. 

Leia também: Xô, Black Fraude: extensões do Google Chrome vão te mostrar o menor preço

Prestando atenção a esses itens básicos e tendo em mente o uso que você quer fazer do notebook, a escolha fica mais fácil. Confira os modelos que separamos para você ficar de olho durante a Black Friday , separados por faixa de preço. Vale lembrar que é sempre bom olhar o histórico de preço do produto escolhido, para ter certeza se a promoção é realmente boa. 

Notebooks da Black Friday por menos de R$2.000

notebook acer arrow-options
Divulgação
O notebook da Acer rotaciona a tela touchscreen


Os notebooks dessa faixa de preço são os mais simples, destinados a pessoas que fazem um uso mais básico, seja para trabalho, estudo ou lazer, sem abusar de programas, games e vídeos muito pesados. A expectativa é que os preços, que já são atraentes, fiquem ainda melhores durante a Black Friday

Uma opção interessante até R$2.000 é o Compaq Presario CQ21 , com Intel Core i3 de quinta geração, que faz um bom trabalho por pouco mais de R$1.500.

Na mesma faixa de preço, o Samsung E30 se destaca pelo bom custo-benefício, trazendo um Core i3 de sétima geração, 1 TB de armazenamento e tela Full HD, não muito comum para notebooks nessa faixa de preço. 

Leia também: Pesquisa revela maior desejo dos brasileiros para a Black Friday; confira

Para além deles, o Positivo XC7660 também é uma boa opção para quem quer gastar um pouco menos, também com 1 TB de armazenamento e Core i3 de sexta geração.

Para quem pode pagar um valor mais próximo dos R$2.000, o Asus X541UA , o Acer A315-53-34Y4 (com i3 de oitava geração) e o Acer CB5-132T-C67Q são boas pedidas. O Acer A315 tem tela touchscreen que rotaciona, quase transformando seu notebook em um tablet, e vem com SSD de 32 GB. 

Notebooks da Black Friday entre R$2.000 e R$3.000

Lenovo IdeaPad S145 arrow-options
Divulgação
O Lenovo IdeaPad S145 é uma boa opção para essa faixa de preço


Na faixa dos R$2.000 a R$3.000, os notebooks começam a ficar mais encorpados, trazendo especificações um pouco melhores.

Dentre os mais baratos, próximos dos R$2.000, uma boa opção é o Dell i15-3567-m30p , com Core i5 de sétima geração, 4 GB de memória RAM e 1TB de armazenamento. Na mesma faixa de preço, o Samsung X30 traz especificações ainda melhores: Core i5 de oitava geração e 8 GB de RAM, um bom custo-benefício. 

Perto dos R$2.500, o Vaio VJF155F11X-B0211B é uma boa opção, com especificações parecidas com as do Samsung X30. Mais perto dos R$3.000, um notebook muito interessante é o Lenovo IdeaPad S145 . Com Core i7 da sétima geração, o dispositivo já é capaz de rodar programas mais robustos. 

Leia também: Xiaomi anuncia notebooks gamer mais poderosos neste domingo

Notebooks da Black Friday entre R$3.000 e R$4.000

Samsung NP800G5M arrow-options
Divulgação
Nessa faixa de preço, especificações melhores vão aparecendo


Quanto mais caros os notebooks vão ficando, mais especificações interessantes vão aparecendo. Nessa faixa de preço, uma boa opção é o Vaio Fit 15S , com Core i7 de oitava geração, 8GB de RAM e 1TB de armazenamento. 

Mas para quem gosta de jogar games mais pesados, alguns notebooks nessa faixa de preço já trazem placas de vídeo interessantes, o que melhora a experiência. Alguns modelos bons para ficar de olho são o Acer AN515-51-50U2 , o Lenovo Legion Y530 e o Samsung NP800G5M

Leia também: Jovens chineses só poderão jogar games online por 90 minutos diários

Notebooks da Black Friday por mais de R$4.000

Perto dos R$4.000, o Lenovo 520 se mostra uma opção interessante, com destaque para a tela touchscreen que rotaciona.

Por volta dos R$6.000, os notebooks vão ficando com especificações mais robustas, trazendo SSD com mais espaço e boa placa de vídeo na composição. Nessa faixa de preço, um bom exemplo é o Dell G3-3590-M30 .

Quanto o assunto são notebooks, o céu é o limite. E aí vale se atentar muito à necessidade de cada usuário. Os Macbooks , da Apple, se mostram boas opções para quem utiliza software de edição de imagem ou vídeo, e variam bastante de preço.

Para os gamers, as especificações do computador precisam ser ainda mais potentes para uma boa experiência, e vão surgindo opções com desempenho melhor - e mais caras.

Um exemplo é o Gamer Acer Predator Triton 500 , que ultrapassa os R$18.000. A fabricante Avell , que tem vários modelos voltados para os jogadores em uma gama muito grande de preços, também prepara promoções para a Black Friday .